O Dia Internacional dos Museus será celebrado com entradas gratuitas em qualquer monumento, palácio ou museu. Haverá ainda uma programação de visitas, palestras, exposições, concertos e encenações históricas. O tema deste ano é o das memórias traumáticas e da reconciliação.

De acordo com a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), na quinta feira, dia 18, todos os monumentos, palácios e museus pertencentes à DGPC terão entrada gratuita.

Esta iniciativa, que este ano detém o tema “Museus e histórias contestadas: Dizendo o indizível”, de modo a lançar uma reflexão sobre o papel dos museus na reconciliação nas comunidades e na sociedade em geral, contará ainda com visitas guidas, exposições, ateliês, concertos, lançamentos de livros, palestras, teatros, entre muitas outras.

Em resposta ao repto lançado pela DGPC, os museus que fazem parte da Rede Portuguesa de Museus irão realizar diversas iniciativas com o objetivo de aprofundar a ligação com os visitantes, e cativar o público em torno do conhecimento das coleções e da defesa e valorização do património cultural do país.

No dia 19 de maio, a partir das 18h, o Museu de Arte Popular tem entrada gratuita e no dia seguinte, à mesma hora, as entradas também serão gratuitas nos museus, palácios e monumentos da DGPC, com a exceção do Convento de Cristo, Mosteiro da Batalha, Mosteiro dos Jerónimos, Museu Monográfico de Conímbriga – Museu Nacional, Panteão Nacional e Torre de Belém, que encerram no seu horário habitual.

As celebrações estendem-se até dia 20

Em Portugal as celebrações irão estender-se até ao dia 20 de maio. Isto devido à Noite Europeia dos Museus, a qual foi criada pelo Ministério da Cultura e da Comunicação de França e à qual os museus portugueses se juntam desde há alguns anos.

O Dia Internacional dos Museus, criado pelo ICOM – sigla, em inglês, da organização Internacional Council of Museums, realiza-se anualmente a 18 de maio, através da organização de diversas atividades. O ICOM é a maior organização internacional de museus dedicada à preservação e divulgação do património natural e cultural mundial, tangível e intangível.

Para mais informações e uma programação mais detalhada consulta aqui.