Espelho d’Água, a nova novela da SIC, estreia neste feriado, dia 1 de maio, às 22h10. A história que vai substituir Rainha das Flores no horário nobre centra-se na busca duma mulher pela família desaparecida.

Os locais escolhidos para as gravações de Espelho d’Água foram Ílhavo, Aveiro, Açores e Islândia. Esta escolha de locais à beira mar foi estratégica, como explicou Luís Proença, diretor de programas da SIC, na apresentação do programa. “A novela mostra a forma como se encontra a sociedade portuguesa de hoje e a forma como nos relacionamos com o espaço que é Portugal e o mar”, disse.

O genérico da produção da SP Televisão é um tema original dos Amor Electro, e a banda partilhou a canção na sua página no Facebook:

 

Esta é a segunda novela que a estação grava nos Açores, depois de Coração d’Ouro. Lúcia Moniz, que irá interpretar Carmo Goulart, tem origens açorianas e teve de se concentrar ao fazer o sotaque para a novela. Isto porque, como contou ao Jornal de Notícias, é natural da ilha Terceira e teve de reproduzir o sotaque da ilha de São Miguel.

As filmagens no arquipélago fazem parte da estratégia da SIC de mostrar as potencialidades do país, não apenas aos seus habitantes mas também ao resto do mundo. Desta forma, a internacionalização e a venda de conteúdos é um dos objetivos da estação, prioridades que Gabriela Sobral destacou.

Espelho d'Água

Mariana Pacheco é a protagonista que lidera o elenco, composto por Luísa Cruz, Vítor Silva Costa, António Cordeiro, Ricardo Carriço e Amélia Videira. Luciana Abreu será a vilã Filipa Nogueira.

A estação de Carnaxide tem apostado na promoção desta nova novela, inclusivamente nas redes sociais. A página de Facebook de Espelho d’Água tem já mais de 3 500 seguidores ainda antes de estrear. Lá encontram-se, por exemplo, vídeos dos atores a fazer a contagem decrescente para a estreia.