call of duty

Novo jogo de ‘Call of Duty’ chega este ano e regressa ao passado

O novo título da saga Call of Duty chega já este ano e, desta vez, regressa ao passado. Está na altura de dizer adeus ao futurismo e às passeatas loucas pelas paredes e abraçar a densidade e o clima caótico da Segunda Guerra Mundial. Nove anos após Call of Duty: World at War, os jogadores poderão agora regressar às trincheiras onde os aliados combateram as forças do eixo, durante um período conturbado que moldou a cultura ocidental tal como hoje a entendemos.

Na quarta-feira (26), a Sledgehammer Games, empresa responsável pelo desenvolvimento do jogo, anunciou em direto através do website oficial do franchise, a data de lançamento de Call of Duty: WWII. Este novo capítulo chegará ao mercado a 3 de novembro e estará disponível para computador e para as consolas PS4 e XBox One.

O regresso da saga de sucesso desvia-se assim de uma realidade alternativa e futurista que teve início em Call of Duty: Black Ops II, lançado em 2012, foi continuada em Black Ops III, em 2015, e que culminou no mais recente título, Infinite Warfare, lançado em 2016. Embora este último tenha sido considerado um sucesso a nível de vendas, não chegou a convencer alguns dos jogadores mais fiéis devido à falta de inovação face a títulos anteriores.

call of duty
Call of Duty: WWII (Fotografia: Call of Duty)

A narrativa de Call of Duty: WWII tem como cenário a Europa durante o período de 1944 a 1945. De maneira a oferecer uma experiência única ao jogador, os criadores do jogo garantem ter sido dada especial atenção ao detalhe na representação de um ambiente naturalmente denso e caótico. Além disso, terá sido realizado um trabalho exaustivo de pesquisa com o objetivo de criar um jogo o mais realista possível, espelhando um dos conflitos mais marcantes e imperdoáveis da nossa história.

Lê também: Os melhores e piores videojogos de 2016

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=D4Q_XYVescc]

Esta tendência de voltar atrás no tempo não é nova. Em bom rigor, Battlefield 1, lançado em 2016, renunciou o modernismo que caracterizava o jogo anterior, Battlefield 4, e ofereceu uma experiência de jogo rica em detalhe e ação tendo como background a Primeira Guerra Mundial.

Mais Artigos
Amazon e a Juventus juntam-se num novo documentário.
Juventus terá documentário original na Amazon Prime Video