Parece que já passaram séculos desde o último episódio de Pretty Little Liars. Na verdade, já lá vai mais de meio ano. A nova estreia, intitulada Playtime, chegou finalmente ao canal Freeform no dia 18 de abril.

Antes de arrancarmos para a reta final da série, talvez seja melhor leres a crítica que fizemos ao episódio anterior, aqui.

Os acontecimentos deixados em abertamente são rapidamente concluídos nos primeiros minutos desta nova hora: Spencer (Troian Bellisario) fica com o braço ao peito após ter sido alvejada; Toby (Keegan Allen) sai ileso do acidente de carro mas a sua noiva, Yvonne (Kara Royster), fica em coma.

Em comemoração dos últimos dez episódios da série, o inimigo atual, A.D., decide criar o seu próprio “end game” e enviar às cinco mentirosas um jogo de tabuleiro que é, no fundo, uma réplica em miniatura da cidade de Rosewood. O objetivo é as protagonistas jogarem e irem obtendo peças do puzzle de modo a revelarem a identidade do antagonista.pretty little liars

Eu pessoalmente adorei este pormenor. À semelhança da Casa de Bonecas na sexta temporada, o inimigo sempre viu as mentirosas como pequenos brinquedos – com a única diferença de que este jogo, como temos visto até agora, pode ser de vida ou de morte. Resta descobrir a quantidade de desafios pelos quais elas terão de passar até chegarem ao grande final.

Mas antes disso, é melhor entrarmos primeiro nas novidades deste episódio. Ezra (Ian Harding) está de volta, dizendo que Nicole (Rebecca Breeds) ficou nos cuidados intensivos em Nova Iorque. Embora não tenham conversado sobre o assunto, Aria (Lucy Hale) conclui que o noivado ainda está de pé.

Como tal, decide avançar com os preparativos e, pelo caminho, reencontra Holden (Shane Coffey) – um amigo seu que apareceu durante a segunda temporada. Este regresso não teve qualquer impacto, até ao momento em que Ezra interrompe a ocasião para anunciar que Nicole teve uma recaída e ele está de saída para Nova Iorque. Talvez ele devesse repensar as suas prioridades antes de obrigar Aria a avançar com os planos. Enfim.pretty little liars

Hanna (Ashley Benson) e Caleb (Tyler Blackburn) são oficialmente um casal de novo e a jovem começa a focar-se nas suas peças de moda. Felizmente, Mona (Janel Parrish) entra em cena para a ajudar no negócio, arranjando-lhe o contacto da filha de um senador que certamente está interessada nas suas roupas.

Um pequeno detalhe neste episódio retrata a personagem de Mona, quando esta pergunta a Hanna se confia nela e Hanna responde “às vezes”. Mona sempre foi aquela pessoa que manteve um pé na terra e outro na água, conseguindo, contudo, mostrar mais lealdade que todas elas juntos. E eu adoro-a por isso.

Emily (Shay Mitchell) e Paige (Lindsey Shaw) ficam ambas colocadas na escola secundária, a primeira como professora de natação e a segunda como supervisora de desporto. Claro que esta notícia não agrada a Alison (Sasha Pieterse), que também trabalha como professora na escola e fica imediatamente com ciúmes de Paige.pretty little liars

Alison volta aos seus velhos hábitos e começa a mandar indiretas para Paige, arruinando a confiança de Emily. Embora Alison esteja claramente em conflito com a sua sexualidade, tal não é desculpa para voltar a uma personalidade de que já nos despedimos há várias temporadas atrás. Ganha juízo de uma vez por todas!

Agora, a grande resposta da noite: Spencer confronta Veronica (Lesley Fera) acerca da revelação de Mary Drake (Andrea Parker) e ela confirma a verdade: o seu pai teve um caso com Mary, achando que ela era a irmã gémea, Jessica, e daí nasceu Spencer. Como Veronica não queria ver o bebé a nascer num manicómio, decidiu acolhê-lo na sua própria casa. Claro que esta conversa foi levada com mil lágrimas pelo meio.

O pai de Spencer é oficialmente o pior pai desta série – aliás, o único bom era o pai de Emily e ele acabou por morrer. Ainda assim, a atuação de Bellisario continua a surpreender a cada segundo e, embora eu ainda não esteja totalmente satisfeito com esta reviravolta, a atriz soube entregar a história de forma brilhante.pretty little liars

Spencer decide ser a primeira a jogar no tabuleiro, deparando-se com Verdade ou Consequência. A consequência dita que ela deve visitar um amigo no hospital – uma boa desculpa para o seu reencontro com Toby – e, em troca, receberá um prémio – que acaba por ser uma carta que Mary escrevera para a filha quando ainda estava grávida.

As raparigas tentam destruir o jogo mas, em resposta, este mostra o vídeo da noite em que elas enterraram o corpo de Rollins (Huw Collins). Na cena final do episódio, vemos que Jenna (Tammin Sursok) ainda está refém de A.D. e este revela-lhe o seu plano de acabar o jogo com as mentirosas muito em breve.

Estamos em contagem decrescente, meu povo! Com apenas nove episódios em falta para o fim da série, ainda há muitas perguntas em aberto. Quem matou Jessica? Quem matou Charlotte (Vanessa Ray)? E, finalmente, quem será o/a grande A.D.? Este episódio parece ter arrancado o motor de forma satisfatória, confesso.

NOTA: 7/10