Manuel Arnaut, atual director da Architectual Digest do Médio Oriente, vai assumir a direção da Vogue Arábia. Esta é, no espaço de uma semana, a segunda liderança masculina da Vogue a ser anunciada, depois da nomeação de Edward Enninful para o cargo de diretor da Vogue britânica, em substituição de Alexandra Schulman.

O jornalista português, que colaborou também com a Vogue e a GQ portuguesas, vai assumir o cargo a partir do dia 7 de maio, tal como anunciou a editora Nervora, responsável da publicação arábica, em comunicado conjunto com a Condé Nast.

Arnaut: o sucessor de uma princesa árabe

Manuel Arnaut vai substituir a princesa Deena Aljuhani Abdulaziz, da Arábia Saudita, após a sua demissão no início da semana. A princesa esteve à frente da publicação desde a sua criação, em março passado, assumindo portanto os dois primeiros números da Vogue Arábia.

A ex-diretora justificou a sua demissão ao site Business of Fashion, dizendo recusar “estar envolvida” quando sente quea abordagem da editora está em conflito com os valores que sustentam os nossos leitores e com o papel do diretor no cumprimento desses valores de uma forma verdadeiramente autêntica.”

Abdulaziz tornou-se uma figura importante no panorama internacional da Moda, após ter fundado a boutique D’NA

No entanto, Sashi Menon, director da Nervora, mostra-se satisfeito pela nomeação do jornalista português. “Manuel Arnaut vai trazer mais de uma década de experiência à Condé Nast combinada com um forte historial de sucesso regional”, afirmou à Associated Press.

Em comunicado, o jornalista mostrou-se “honrado” e  interessado em construir uma edição inovadora e “madura”, capaz de concorrer “com outras Vogue” a nível internacional. Arnaut explicou que cresceu “a devorar cada página das edições internacionais” da Vogue, onde iniciou a sua carreira profissional.

“Tenho orgulho do que consegui alcançar em tão pouco tempo… Estamos empenhados em transformar a Vogue Arábia numa orgulhosa voz da região, representante da força e do allure da mulher árabe”, rematou.