Prémio literário
Fonte: www.alma.se

‘ALMA’: conhece tudo sobre o maior prémio internacional de literatura infantil

O vencedor de 2017 do Prémio Literário Astrid Lindgren (ALMA),  foi anunciado no passado dia 4 de abril, em Estocolmo. Entre os nomeados estavam os portugueses André Letria e Maria Teresa Maia Gonzalez e, por isso, quisemos dar-te a conhecer tudo sobre o galardão que distingue trabalhos de literatura infantil e juvenil.

O autor e ilustrador alemão Wolf Erlbruch, de 69 anos, foi o galardoado com o prémio ALMA 2017. A cerimónia decorreu na Biblioteca Nacional de Estocolmo, presidida pelo governo sueco, e foi transmitida em direto na Feira do Livro de Bolonha, em Itália.

Prémio literário
Fonte: www.alma.se

O prémio

O Astrid Lindgren Memorial Award foi criado pelo governo sueco, em 2002, em homenagem à escritora sueca Astrid Lindgren. Este reconhece, anualmente, o trabalho de um autor, ilustrador ou organização na promoção da literatura infanto-juvenil.

Este ano, entre os mais de 200 candidatos, estavam nomeados dois portugueses: o ilustrador e editor André Letria e a escritora Maria Teresa Maia Gonzalez, nomeada pela segunda vez. Um reconhecimento que nos deixou a todos orgulhosos com as obras literárias realizadas em Portugal.

A cooperativa cultural italiana Giannino Stoppani, o grupo argentino Abuelas Cuentacuentos, a organização iraniana Read With Me, o escritor britânico David Almond, o escritor e ilustrador americano Eric Carle e o escritor e ilustrador francês Tomi Ungerer também estavam entre os candidatos.

Em anos anteriores as escritoras Alice Vieira e Luísa Dacosta, o Palavras Andarilhas, o Bibliomóvel de Proença-a-Nova e a editora Planeta Tangerina foram nomeados para este prémio.

No ano passado, o prémio ALMA, com um valor monetário de cerca de 520 mil euros, foi atribuído à escritora norte-americana Meg Rossoff.

O vencedor de 2017, Wolf Erlbruch

Nasceu em 1948, em Wuppertal, estudou desenho gráfico e na década de 1980 começou a ilustrar e a escrever livros infantis.

Wolf Erlbruch é, de acordo com a justificação do prémio ALMA, um autor “visionário cuidadoso e atencioso” que, com “um humor e um carinho profundamente enraizados em ideais humanistas”, “torna as interrogações existenciais acessíveis a leitores de todas as idades”.

Entre os livros publicados que assinou como escritor ou ilustrador, estão A grande questão, O mistério do urso, A toupeira que queria saber quem lhe fizera aquilo na cabeça, (que desenvolveu com Werner Holzwarth), e Ente, Tod und Tulpe (O pato, a morte e a tulipa, que não está ainda publicado em português).

O autor soma já vários prémios de prestígio internacional, entre os quais o Prémio Hans Christian Andersen, em 2006, e o Prémio Alemão de Literatura Juvenil, em 1993 e em 2003.

 

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Viola Davis para a revista Vanity Fair
Viola Davis: 55 anos de uma atriz pioneira e perseverante