Cristina Ferreira continua a estender o seu império e está cada vez mais perto de se tornar a Oprah Winfrey portuguesa. Na sexta-feira (7), a empresária virou a página para um novo capítulo no projeto da revista Cristina. Em parceria com a Samsung, a apresentadora revelou o futuro da publicação, que inclui a entrada no mundo das televisões inteligentes.

A revista Cristina expande o seu alcance digital e terá uma aplicação nas televisões inteligentes da Samsung, que estará disponível no final de abril. A diretora de conteúdos não informativos da TVI é a primeira pessoa a ter uma aplicação numa Smart TV.

Cristina está na televisão

A empresária mostrou-se orgulhosa: Deixem-me confessar o orgulho de ser portuguesa neste momento, disse. Não há ninguém ainda a nível mundial que o tenha [feito]. Eu sou a primeira figura a ter uma Smart TV.” Cristina partilhou o orgulho com a marca tecnológica. “[Confesso] o orgulho de ter uma marca como a Samsung, que acredita em mim, (…) e que se associa a mim no futuro, naquilo que é a inovação (…) e naquilo que podem ser o entretenimento e as novas formas de comunicar.

A aplicação da empresária deverá chegar a mais de 55 milhões equipamentos da Samsung, por todo o mundo. Nela, destaca Cristina, as entrevistas serão o “principal aliciante”. Chamou a atenção do colega Pedro Teixeira, que com ela apresenta Apanha se Puderes. “Teixeirinha, lamento informar-te mas estás nu na minha Smart TV”, brincou, arrancando gargalhadas do público.

A apresentadora, conhecida pela boa disposição nas manhãs do Você na TV!, foi carismática, mostrou-se sorridente, e revelou humildade. Emocionou-se, depois se mostrar um excerto de uma entrevista com Manuel Luís Goucha, e agradeceu a quem a acompanhou nesta aventura.

Acima de tudo eu não vou sozinha”, afirmou. “Acima de tudo hoje é um dia de celebração com quem tem estado sempre [comigo]. São cada vez mais os que estão comigo.” Conteve as lágrimas e terminou: “Eu tenho a responsabilidade de continuar por essas pessoas que acreditam em mim.

Cristina Ferreira

“Hoje é um dia diferente, mas é mais um passo em frente”, enfatizou.

Cristina está no ar

No início do mês, um vídeo partilhado por Cristina fez crer que a SATA teria rebatizado uma aeronave com o seu nome. A realidade é que a ação foi uma promoção da revista, que passará a ser entregue nos aviões da companhia aérea.

A empresária explicou: “A Cristina está no ar porque vai ser distribuída em todos os aviões que viajam, não só para os Açores, mas para toda a América do Norte, chegando a todos os nossos emigrantes.”

Dos conteúdos disponíveis na aplicação para televisões, a embaixadora do Turismo dos Açores sublinhou que os utilizadores “vão poder viajar com esta Smart TV.” Adiantou planos de realizar novas produções no arquipélago: “Irei com orgulho a todas as ilhas e viajarei ainda com mais orgulho em todos os aviões da SATA.

Cristina Ferreira

Terminou em tom inspirador: “O meu sorriso não existiu todos os dias da minha vida, mas todos os dias irei continuar a lutar para fazer melhor.”

Cristina está no digital

Hoje é um dia muito especial”, celebrou no início do evento, que decorreu no Palácio Nacional da Ajuda. “Começa pelo local onde estamos. Foi aqui que há quatro anos fiz a minha primeira produção para o Daily Cristina.” O blogue, que Cristina lançou em 2013, foi o seu primeiro investimento no meio digital.

Agora há uma app para smartphones, que replicará os conteúdos da revista impressa. A aplicação estará disponível em português e inglês. A apresentadora trabalhou em colaboração com a Universidade de Cambridge na tradução dos conteúdos. Acredita, no entanto, que a versão em papel não vai desaparecer: “O papel pode ter muita expressão na nossa sociedade”, disse.

Cristina assume agora uma maior responsabilidade, tendo criado com autonomia a nova editora responsável pela publicação da revista. Considerou o projeto mais seu e é a própria que posa na capa do número que já se encontra nas bancas. “Podia ter escolhido muita gente para estar nesta capa, mas ela foi escolhida com o coração”, referiu. “Nas novas etapas é preciso deixar para trás algumas coisas e seguir em frente”, concluiu.