Foi o último desfile da noite e do Portugal Fashion. Miguel Vieira mostrou um outono/inverno que lhe valeu uma ovação revelando o porquê de ser um dos mais admirados e reconhecidos designers portugueses.

As cores dos coordenados variam entre os tons de cinza, preto, azul marinho e o branco marshmellow. Surgiram ainda conjuntos em tons bordeaux e vermelho.

Para os homens, fatos quase que personalizados, estrutura slim, sobretudos casuais e calças vincadas. Para as mulheres, um pouco do “oito ou oitenta”. As peças favorecedoras da silhueta, e os tamanhos variantes entre maxi e mini.

Os sapatos, acessórios, malas, pastas e ocasionais porta-chaves também contam com a sua assinatura.

João Montez, apresentador da TVI, falou ao Espalha-Factos antes do desfile de Miguel Vieira. “O Miguel acaba sempre por surpreender. Acima de tudo consegue ser sempre um bocadinho mais arrojado, é característico dele e ainda bem que é assim”, comentou.

O apresentador – que teve também o seu momento na passerelle, vestido pela portuguesa Dielmar – destacou mais uma “espetacular edição” de Portugal Fashion, e mostrou agrado por “mais uma estação e uma quantidade enorme de tendências a serem introduzidas”, não fosse ele um assumido adepto de moda.

João Montez, Dielmar

Este foi o fechar de cortinas desta nova edição do Portugal Fashion que espalhou moda, exuberância e qualidade portuguesa em Lisboa e Porto. Por enquanto ficamos já ansiosos pelas propostas de primavera/verão.