martelos

‘Martelinhos de São João’ de volta para premiar as cabeças mais criativas

A festividade só ocorre em Junho, mas a sexta edição do concurso Martelinhos de São João não tarda a chegar. A partir de 27 de março podes enviar as tuas ideias e habilitares-te a prémios até 1500 euros.

Podes levar a concurso trabalhos de duas dimensões (2D), objectos ou vídeos, sendo que para cada categoria há prémios de mil euros (para o primeiro classificado) e 500 euros (para o segundo). O objectivo prende-se com o premiar das melhores recriações de um dos ícones mais célebres da festividade, bem como envolver a comunidade no desafio de reinventar o objecto tradicional.

Podes participar individual ou colectivamente e apresentar, no máximo, três propostas. Os 250 projectos mais votados serão exibidos, de 9 a 28 de junho, numa exposição com lugar na Fundação da Juventude, situada no Palácio das Artes – Fábrica de Talentos.

As propostas em 2D e vídeo podem ser anexadas à candidatura online. O processo será semelhante se a tua ideia for um objecto –candidatura e envio de uma foto do exemplar –, com a diferença que terás de entregar em mão ou enviar pelo correio ao Palácio das Artes. O regulamento do concurso pode ser consultado aqui.

Premiar a intervenção urbana

A Câmara do Porto e a empresa municipal PortoLazer, pelo segundo ano consecutivo, voltam a premiar a melhor proposta na área de intervenção urbana, tendo em vista o mesmo tema: o “Martelinho de São João”.

Através de novas perspectivas do contexto urbano, pretende-se elevar a festividade enquanto expressão de património cultural e imaterial. As obras podem ser criadas em espaço urbano e devem ser, obrigatoriamente, desenvolvidas a partir dos martelos de São João em plástico, cedidos pela PortoLazer. Direccionada para artistas, arquitectos, designers ou estudantes das áreas em questão, esta categoria tem um regulamento próprio que pode ser consultado aqui.

O Concurso “Martelinhos de São João´17” é uma iniciativa da Fundação da Juventude, organizada em parceria com a Câmara Municipal do Porto, através da Porto Lazer, com o apoio da Fundação Millennium bcp.

 

Mais Artigos
Valete
Valete: muito mais do que cinco músicas sobre racismo