Na passada terça-feira, 21 de março, a loja oficial da Apple ficou interdita aos utilizadores durante todo o período da manhã. A mesma estratégia já tinha sido utilizada anteriormente (na véspera dos eventos oficiais de verão onde é revelado o novo modelo de iPhone, por exemplo) com o intuito de anunciar a chegada de novos produtos.

Foi sem surpresa que, tal como manda a tradição, assim que a loja online voltou a dar livre acesso aos utilizadores, estes foram presenteados com dois novos produtos: um novo tablet, apelidado apenas de iPad e que vem substituir o agora descontinuado iPad Air 2; e um novo iPhone 7, agora de cara lavada e vestido em tons de vermelho, o iPhone 7 (RED).

iphone 7

iPhone 7 Plus & iPhone 7 (RED) (Fotografia: Apple)

Este novo modelo em nada divergirá, a nível de especificações ou componentes internos, dos restantes modelos de iPhone 7 já existentes em loja. No entanto, e como já tem vindo a ser apanágio das edições especiais de produtos (RED), na compra deste modelo parte do valor será revertido para a fundação The Global Fundcujo objetivo é prevenir e reforçar o combate contra o VIH em países como a África do Sul, Gana e Ruanda.

Lembra: Apple ajuda a (RED) na luta contra a sida

Os novos equipamentos estarão disponíveis em regime de pré-reserva já a partir de 24 de março e espera-se que comecem a chegar aos consumidores até ao final do presente mês. Em Portugal, esta edição especial estará disponível a partir dos 889 euros para o iPhone 7 e a partir de 1,020 euros para o iPhone 7 Plus.

iphone 7 red com caixa

iPhone 7 (RED) com caixa (Fotografia: Apple)

Esta edição especial do iPhone estará disponível para venda com armazenamento de 128GB e 256GB por tempo limitado. No entanto, ainda não há data definida para o término da comercialização.