O lendário músico Chuck Berry foi hoje encontrado sem vida na sua casa em Missouri, Estados Unidos. Tinha 90 anos.

Charles Edward Anderson Berry Sr. conhecido por Chuck Berry, considerado por muitos o pai do rock, faleceu hoje, de acordo com informações prestadas pela polícia local que não avançou as causas da morte.

Bisneto de escravos africanos, o autor de Johnny B. Goode foi vítima de segregação racial e isso passou naturalmente para a música que compôs e produziu. Pioneiro do rock, com temas fulcrais como Maybellene (1955), Roll Over Beethoven (1956), Rock and Roll Music (1957) o músico nunca se afastou da música, da atitude e do estilo de vida de um verdadeiro rockeiro.

Está previsto para este ano o lançamento de um álbum intitulado Chuck que o próprio anunciou por altura do seu 90.º aniversário, em outubro passado. Trata-se do regresso do músico à composição, que editou o seu último disco de originais há 38 anos. Ao anunciar este álbum Chuck Berry referiu que trabalhou nele muito tempo e o queria dedicar à sua mulher com quem casou há 68 anos. Será editado via Dualtone.