O Spotify pode vir a restringir o acesso aos últimos trabalhos de alguns artistas mais populares às contas premium. Esta alteração poderá afetar cerca de 50 milhões de utilizadores, metade do total da plataforma, mas pode estar a meses de ser efetivada.

A origem da alteração poderá estar na renegociação dos acordos de licenciamento feitos com as editoras, agora a expirar, avança o Financial Times. Assim, a empresa garante uma redução nos custos dos royalties, e espera também atrair exclusivos de artistas populares para a plataforma.

Os números de utilizadores com contas pagas foram anunciados no início do mês. Eles colocam o Spotify no primeiro lugar das plataformas com mais utilizadores premium. A Apple Music segue em segundo lugar, com 20 milhões.

Coincidente com o fim dos acordos de licenciamento é a Oferta Pública Inicial que a empresa pretende. Inicialmente prevista para este ano, só deverá ser concretizada em 2018. A tentativa de conseguir o melhor acordo possível com as editoras e as alterações necessárias para isso poderão ser os motivos do adiamento.

Três alternativas ao Spotify

Se por algum motivo preferires um serviço gratuito para streaming de música, deixamos-te algumas sugestões para considerares.

Deezer

O serviço tem origem em Paris e conta com um catálogo musical com 40 milhões de músicas: mais 10 milhões que o portefólio do Spotify. As funcionalidades da conta gratuita são as que se espera: favoritos, criação e partilha de playlists, e sugestão automática de músicas. Esta conta e a do Spotify são muito idênticas a nível de funcionalidades, mas o interface do Deezer é mais rico em informação.

8tracks

Esta plataforma é um pouco diferente. Ela funciona como rede social e streaming, permitindo aos utilizadores partilhar listas com oito ou mais faixas. O catálogo é mais reduzido, com 6,5 milhões de músicas.

Soundcloud

O Soundcloud tem mais de 100 milhões de músicas disponíveis, entre trabalhos de autor e cópias que talvez tenham autorização dos autores. É mais uma plataforma com um lado social e as funcionalidades expectáveis na versão gratuita.

Conheces outra alternativa, com conta gratuita, ao Spotify? Vais optar pela conta premium? Diz de tua justiça nos comentários.