A portuguesa FLY London, apresentou a sua colecção Interstellar para o próximo outono/inverno, em colaboração com a artista plástica Cristina Rodrigues. Em azul, camel, castanho e preto, esta parceria destaca-se pela utilização de fitas de cetim, no lugar dos tradicionais cordões.

Para Amílcar Monteiro – sócio-fundador da FLY London -, a opção pela artista e arquitecta Cristina Rodrigues “introduziu um certo tradicionalismo no design, ao mesmo tempo que a inclusão de elementos inesperados como as fitas de cetim em substituição dos atacadores, assim como os grandes ilhós dourados, fez com que o resultado final fosse uma bota que ostenta orgulhosamente o código genético FLY London”.

Esta gigante do calçado português, tornou-se reconhecida pela excelência e inovação. Diariamente, centenas de milhares de clientes elegem a FLY London como o seu principal calçado. Depois da parceria original que uniu indústria, moda e arte – Urban Dwellers –, o caminho lógico a seguir traduzia-se numa colaboração num produto FLY London, sendo Interstellar a materialização dessa vontade.

Desenhar uma par de sapatos “foi um desafio e uma honra poder assinar o design de um produto da mais relevante marca portuguesa de calçado e verificar que Interstellar é marcadamente FLY London e Cristina Rodrigues”. Neste sentido, o modelo passará pelas principais feiras de moda e o lançamento oficial estará previsto para o dia 12 de setembro, na Menier Gallery, em Londres.

O evento conterá ainda uma exposição com curadoria da apresentadora britânica Tara Aghdashloo, onde serão apresentadas as obras de arte que serviram de inspiraração a Cristina Rodrigues, a quando da criação de Interstellar, desde a instalação de arte contemporânea Urban Dwellers aos desenhos da colecção.