Durante oito anos, os fãs de The Vampire Diaries acompanharam a viagem de dois irmãos e as suas aventuras num triângulo amoroso, passando por perigos, mortes, ressurreições, inúmeros inimigos mas, acima de tudo, um grande sentido de família.

Esta semana, I Was Feeling Epic fechou esta jornada da saga vampírica, com um final que podia ter sido melhor mas, ainda assim, não desiludiu. O episódio estreou no canal The CW no dia 10 de março. Sem mais demoras, vamos a isto.

Com o colapso de Bonnie (Kat Graham) no episódio passado, ela dá por si numa espécie de limbo onde se encontra com Elena (Nina Dobrev). Esta e um sempre presente Enzo (Michael Malarkey) dizem que ainda não chegou a sua altura e Bonnie acaba por acordar. Para nosso grande alívio.

Vicki (Kayla Ewell) continua a tocar as doze badaladas do sino a cada cinco minutos, dizendo que qualquer destino é melhor que passar a eternidade no Inferno. Nem um reencontro com o seu pai a faz mudar de ideias. Como tal, Matt (Zach Roerig), enquanto xerife da cidade, dá início ao protocolo de evacuação.The Vampire Diaries

Damon (Ian Somerhalder) e Stefan (Paul Wesley) regressam a casa e dão de caras com uma Elena acordada. Antes que ela e Damon possam ter um reencontro decente, o protagonista rapidamente percebe que afinal é Katherine que está à sua frentee e que a vilã escondeu o corpo da bela adormecida. Um pormenor que veio novamente provar a versatilidade de Dobrev enquanto atriz.

Felizmente, os irmãos conseguiram fazer a adaga com os ossos de Katherine e atacam-na com a mesma, deixando-a inconsciente. Ao contrário do que aconteceu com o anterior diabo, Katherine não morre, levando a uma sequência de várias facadas ao longo do episódio em que ela acaba sempre por regressar viva. Alguma explicação para isto ou apenas um buraco na lógica da história?

Com o destino de Mystic Falls na corda bamba, Stefan tem de ajudar o seu irmão e Caroline (Candice King) tem de proteger as suas filhas. Como tal, o casal despede-se, concordando que “a família vem primeiro”, num dos muitos momentos que certamente trouxeram lágrimas aos fãs neste episódio.The Vampire Diaries

Bonnie (Kat Graham), pela milésima vez, decide adotar a capa de heroína e utilizar a sua recém-obtida magia para salvar a cidade. Ela descobre que os túneis da Artilharia estão diretamente ligados à torre do sino. Como tal, se ela for forte o suficiente, talvez consiga utilizar a sua magia para afastar o fogo e não deixar que afete a cidade.

Nós nunca duvidámos das capacidades desta jovem bruxa e esta semana não foi exceção. O sino soa a décima segunda badalada, o fogo do Inferno solta-se e Bonnie, acompanhada pelos espíritos de Enzo, a sua avó (Jasmine Guy) e toda a linhagem de bruxas Bennett, consegue efetivamente salvar o dia, num dos momentos mais épicos de toda a série.

A luta, contudo, ainda não acabou, já que Katherine continua viva. Como tal, Stefan quer prendê-la nos túneis e sacrificar-se a si próprio, de modo a corrigir todos os erros que cometeu ao longo da vida e matar a inimiga de uma vez por todas – já que o fogo acabou por passar nos túneis. Damon, contudo, quer proteger o irmão e compele-o a mudar de ideias – visto que Stefan agora é humano.The Vampire Diaries

Contudo, o feitiço vira-se contra o feiticeiro: Stefan é experiente e nunca iria estar na presença de um vampiro sem verbena. Como tal, ele injeta Damon com o seu sangue – que contém a cura – e ele próprio segura Katherine no túnel, matando os dois pelo caminho. Sim, ouviram bem: Stefan está morto.

Stefan, no limbo, dá de caras com Elena e pede-lhe para ela avisar Caroline de que ele sempre a amará. Posto isto, Stefan dá então de caras com Lexi (Arielle Kebell) e é aqui que começa o ciclo de regressos emocionantes que o episódio ofereceu. Lexi foi uma das melhores personagens que alguma vez passou pela série e faria sentido ser ela própria a receber Stefan no céu, enquanto sua melhor amiga.

Foi-nos prometida uma reunião entre Stefan e Elena e tal não desiludiu. A série começou com a história de amor entre eles e agora estão a dizer adeus uma última vez, prontos a seguir com os seus destinos. A história de Stefan enquanto vampiro e/ou humano chegou ao fim, numa cena que honra e aplaude um dos seus épicos amores.The Vampire Diaries

Posto isto, começamos a ouvir Elena a narrar a sua última entrada no diário, com o seu famoso “Dear diary…” Ela acorda na cama e vê Bonnie à sua frente, percebendo que ela conseguiu também reunir magia suficiente para desfazer o feitiço que as ligava. Uma solução demasiado fácil para um problema que assombrou duas temporadas, mas enfim.

Elena e Damon têm finalmente o seu reencontro, com um abraço e um beijo que podiam ter sido mil vezes melhores para tanta esperança que foi montada nestas últimas semanas. Os protagonistas reúnem-se para o funeral de Stefan, até que Elena diz que “a vida continua” e entramos nos últimos minutos do episódio.

Matt continua xerife da cidade e feliz por assim ser, à medida que os espíritos de Vicki e Tyler (Michael Trevino) o guiam com um sorriso. Bonnie decide honrar a promessa que fez a Enzo e aproveitar a vida, preparando-se para viajar pelo mundo fora. Continuo a achar que, após tantos sacrifícios, ela merecia um final melhor, mas enfim.The Vampire Diaries

Caroline e Alaric (Matt Davis) decidem abrir uma escola para jovens mágicos, como as suas filhas, à medida que os espíritos de Jo (Jodi Lyn O’Keefe) e Liz (Marguerite MacIntyre) regressam para testemunhar a ocasião.

Como se isso não bastasse, Caroline recebe uma doação acompanhada por uma carta de Klaus! E até Jeremy (Steven R. McQueen) aparece em cena, como ajudante na escola! O meu coração não aguenta com tantas referências nostálgicas em tão pouco tempo!

Quanto a Damon e Elena, eles vivem felizes para sempre enquanto humanos. Após o casal morrer de idade, vemos Elena reunida com a sua família, incluindo os seus pais, a sua tia Jenna (Sara Canning) e o seu tio John (David Andres). Damon, por seu turno, regressa à mansão e encontra o seu irmão, despedindo-se com um último “Hello, brother”.The Vampire Diaries

Embora haja coisas neste episódio bastante apressadas e outras que não fizeram muito sentido, como a impotência geral de Katherine e o poder monstruoso que Bonnie ganhou de repente, todos os outros pormenores estiveram no sítio.

O sacrifício de Stefan não só foi necessário como fez sentido na sua jornada de redenção, dando a hipótese ao irmão de viver uma vida feliz enquanto humano com Elena. Após oito anos de vários crimes, mortes e muito sangue derramado, cada protagonista conseguiu encontrar a paz à sua maneira, numa hora absolutamente mágica, que trouxe de volta quase todas as caras que passaram pela série.

NOTA: 8/10