destaque 1

David Ferreira deu cor e trouxe exuberância ao primeiro dia de ModaLisboa

Cor. Irreverência. Volumes. Pelo. Pelúcia. Estava montado o cenário para The FreakBall, a coleção exuberante de David Ferreira onde o mais é mais e não há limite para a ousadia. O designer tem agora lugar na plataforma LAB, que apoia as pequenas marcas, e consagrou-se no mundo dos crescidos trazendo à tona a criança que todos temos enterrada.

Numa clara inspiração circense, o designer de 27 anos não esteve com meias medidas, pelo contrário, trouxe medidas bem volumosas, cortes arrojados, silhuetas desconstruídas e cor, muita cor ao primeiro dia da ModaLisboa no CCB, em Lisboa.

Se tivéssemos que entregar um prémio de mérito seria ao tule, esse tecido leve e transparente que foi o arraso da noite. Deixa-se para trás o tradicional tutu de bailarina e assiste-se a uma evolução e a todo um novo uso do tule nas peças onde David Ferreira pôs as mãos.

De exuberância extrema, com plumas e muito pelo colorido, onde o rosa choque, o azul turquesa e os verdes tiveram o seu momento de glória nesta coleção. Há abuso no tamanho, há extremismo no volume das mangas, há sapatos de plataforma arranha-céus, há folhos e um estilo vitoriano que marca muitos dos coordenados.

O desfile termina com o alinhamento de todas as modelos, encabeçadas por uma que envergava uma peça totalmente nova e que, indubitavelmente, reconhece o trabalho minucioso de David Ferreira com o seu tule predileto e o jogo de cores. É ver para crer:

Peça finaL, David Ferreira | LAB

 

Fotografia: Inês Lopes da Costa

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Bong Joon-ho nos Golden Globes
Tilda Swinton escreve tributo a Bong Joon Ho