O canal HBO anunciou nesta quinta-feira a data do regresso de Game of Thrones. O anúncio foi feito durante um direto no Facebook, onde os fãs observaram um bloco de gelo derreter para descobrirem a data: 16 de julho.

Durante a transmissão, foi pedido aos fãs que comentassem com a palavra “fogo” para lançarem chamas sobre o objeto gelado. O cubo de gelo manteve-se intacto e os milhões de pessoas que assistiam ao direto ficaram impacientes quando a ligação foi cortada de forma abrupta.

O vídeo final foi a terceira tentativa, após um segundo feed ter sido igualmente interrompido. No total, os fãs esperaram mais de uma hora pela data do aguardado regresso da série. Como compensação, foi lançado um vídeo com um pouco daquilo que podem esperar na nova temporada.

Reações geladas dos fãs

O anúncio provocou reações na internet. Vários fãs se mostraram insatisfeitos com o tempo de espera, pois a série tem-los habituado a estreias durante a primavera. Todas as temporadas anteriores estrearam nos E.U.A. entre março e abril.

No Twitter, sentiu-se o frio gélido, mas também hilariante, dos comentários de fãs cuja paciência se esgotou durante a transmissão do anúncio da data de regresso.

O inverno está a chegar

A estreia da nova temporada é agridoce para os fãs, que por um lado antecipam o seu regresso, mas por outro se apercebem de que a série se aproxima do fim. Em entrevista com o Deadline, os criadores afirmaram que a história apenas terá mais 13 episódios.

Ao contrário das primeiras temporadas, que incluíram dez episódios, as duas últimas serão abreviadas. Os produtores David Benioff e D.B. Weiss explicaram que a sétima temporada terá sete episódios. A oitava, que deverá estrear em 2018, encerrará a série com seis capítulos.

Os contratempos com o anúncio estarão, com certeza, esquecidos e perdoados em julho, quando a série estrear. George R.R. Martin, o autor dos livros de fantasia nos quais a série se inspira, revelou que hesitou antes de avançar com a adaptação da saga para a televisão.

A série evoluiu de uma aposta de risco da HBO para uma das sagas mais celebradas na cultura pop. O episódio final da sexta temporada foi visto por 8,9 milhões de telespectadores norte-americanos e a temporada teve uma média de 23,3 milhões de visualizações através das várias plataformas.