Este domingo, a final do Festival da Canção ocupou a sala mítica do Coliseu dos Recreios e Portugal coroou o seu vencedor. Salvador Sobral venceu o certame e viajará para Kiev, como representante português no Festival Eurovisão da Canção.

Lê também: Portugal já sobe nas apostas depois da vitória de Salvador

Sobral deu voz a Amar Pelos Dois, uma composição da irmã, Luísa Sobral. “O tema é sobre uma pessoa que está apaixonada por outra”, explicou a compositora durante a primeira semifinal. “Já estiveram apaixonados um pelo outro, mas um deixou de estar. E ele pede-lhe para ela continuar com ele, porque o amor que ele sente é suficiente para amar pelos dois.

Luísa Sobral admitiu ter mudado de direção durante a escrita da canção. Começou por ser uma produção com inspiração brasileira mas o resultado final foi diferente. “Com o arranjo acabou por ficar uma coisa portuguesa mais vintage, que encaixa perfeitamente na voz dele.

Salvador foi a primeira escolha da cantora, que considera a voz do irmão “angelical”. Em entrevista à RTP, indicou: “Eu nunca pensei interpretar esta canção porque quando a escrevi já a escrevi a pensar na voz do meu irmão.

“Pensei logo que gostava muito de ver o meu irmão a interpretar uma canção minha, porque acho que ele é um cantor extraordinário e porque me dava imenso gozo vê-lo no Festival da Canção”, acrescentou. E terminou: “Acho giro estarmos os dois nisto.

Os irmãos Sobral ficaram surpreendidos com a passagem à final. No encerramento da semifinal, Luísa Sobral admitiu: “Ficámos os dois um bocado em choque. Apesar de gostarmos da canção, não estávamos à espera.” “Achámos sempre que havia coisas muito mais ‘à festival’”, disse.

Lembra: Salvador Sobral hospitalizado

Depois do susto com a sua hospitalização, a vitória é uma boa notícia para o intérprete. Sobral viajará para a capital da Ucrânia em maio, para representar Portugal no palco eurovisivo. Portugal irá competir na primeira semifinal do certame, que está marcada para 9 de maio.