Dando continuidade a uma programação especialmente centrada no design português, a Casa do Design de Matosinhos acolhe em permanência a exposição Almanaque – Design Gráfico Português em Revista.

A exposição reúne um amplo conjunto de revistas que nos introduzem a história do design gráfico, da ilustração e da tipografia em Portugal. Segundo a ESAD – Escola Superior de Artes e Design, nas revistas “encontramos refletidas as caraterísticas de um tempo: estilos, modas, correntes, ideias e autores.”

Constituída por revistas da coleção do curador José Bártolo, Almanaque introduz-nos cerca de 150 anos do design gráfico em Portugal sob diferentes perspetivas, possibilitando e estimulando a visão panorâmica, a observação de pormenor e a análise autoral.

“Uma história do design não pode ser dissociada de uma história cultural – dos meios técnicos, das correntes artísticas, do contexto político ou económico – que, na sua liberdade ou condicionadas pela censura, com caráter de vanguarda ou defendendo valores instalados, as revistas acabam por espelhar”, considera o curador da exposição.

http://www.esad.pt/pt/news/almanaque

A exposição reúne mais de uma centena de documentos, apresentando as revistas mais importantes de movimentos artísticos como o Modernismo, o Neo-realismo ou o Pós-modernismo. Através de capas, páginas interiores e maquetes de revistas como a Contemporânea, Ilustração Portuguesa, Almanaque, a exposição permite ao público conhecer melhor o trabalho de um largo conjunto de ilustradores, designers gráficos e tipógrafos portugueses.

A Casa do Design de Matosinhos é atualmente o único grande espaço de exposição dedicado ao design em Portugal. É possível visitar a exposição de 2.ª a 6.ª entre as 9h e o  12h30 da parte da manhã e entre as  14h e as 17h30 da parte da tarde; e, aos sábados das 15h às 18h.

Almanaque conta com a organização da Câmara Municipal de Matosinhos e da ESAD — Investigação em Design e Arte, com a curadoria de José Bártolo, a coordenação geral de Bárbara Araújo, o design expositivo João Cruz, José Bártolo e  Non-verbal club, e com o design gráfico Non-verbal club.