A marca de meias Happy Socks volta a dar que falar com o lançamento de uma nova linha. A linha Dressed é concebida para uso exclusivo dos homens e a pensar no vestuário executivo.

A Happy Socks começou na Primavera de 2008 com Viktor Tell e Mikael Söderlindh, dois amigos que queriam tornar um acessório quotidiano numa peça divertida, colorida e com qualidade. Peças com um design único e um padrão repleto de qualidade de fabrico e criatividade. Atualmente a marca é vendida em mais de 70 países, espalhados pelos cinco continentes.

A linha Dressed é uma linha concebida a pensar no vestuário executivo. É criada para homens e, por terem uma altura aumentada, assentam mais alto na perna. São criadas com uma abordagem única e destinam-se àqueles que procuram meias com qualidade para poderem usar com um fato normal.

São feitas com algodão Pima Peruano, um algodão produzido nos vales do litoral norte do Peru, que fazem com que estas meias sejam altamente resistentes, suaves e sedosas.  Cada par existente no catálogo Dressed tem o custo de 20 euros.

O sucesso das meias Happy Socks

“O sucesso da Happy Socks não está apenas ligado ao design dos modelos, mas também à qualidade dos produtos. Usamos as melhores matérias-primas, temos um rigoroso controlo de qualidade e confeção feita na Turquia e na Itália. Além de tudo isto, a experiência do consumidor de se “sentir bem” ao usar as meias Happy Socks contribui para o estrondoso sucesso mundial”, confessou Armando Kina, diretor comercial da FlashMob Culture and Style, representante da marca no Brasil.

Ao longo dos últimos anos, a marca fez várias colaborações com artistas conhecidos como Snoop Dogg e marcas como Opening Ceremony e Adidas. Retalhistas como a Barneys New York e videojogos como o Minecraft são outras das parcerias da marca.

Lisboa e Porto já receberam a marca sueca em dois centros comerciais, com a abertura de pop-stores temporárias. As meias podem também ser compradas  através do site oficial da marca.

Happy Socks: o novo conceito Local Hero

As coleções são todas desenhadas em Estocolmo, no entanto a equipa da Happy Socks lançou um novo conceito denominado Local Hero. Este conceito desafia 15 mercados diferentes, cada um representado por uma figura local bem estabelecida: artistas, designers, ilustradores, marcas de moda, músicos e até donos de restaurantes. Nos Estados Unidos da América, a Happy Socks apresentou uma colaboração com Íris Apfel, a reconhecida designer de interiores.

Quinze pares de meias são comercializados e vendidos localmente por cada país. A última artista a colaborar com o projeto foi uma artista e ilustradora portuguesa Wasted Rita.

Este projeto é o resultado nítido da missão da marca: “Bringing colour and hapiness to every corner of the world“. A marca pretende unir a liberdade criativa para espalhar felicidade aos consumidores de todo o Mundo.