És homem e gostavas de usar barba? A empresa de barbear Braun realizou um estudo para te ajudar a definir qual é a barba que faz o teu género e está adequada ao teu rosto e penteado.

Ao longo da história, a barba tem adquirido diferentes significados. Enquanto em determinadas culturas, aos homens barbados são atribuídas qualidades como sabedoria ou status social, noutras pode ser visto como falta de higiene ou vaidade.

A verdade é que esta moda não é exclusiva das grandes celebridades que nos acostumamos a ver no grande ecrã – está no passageiro do lado, no autocarro, no senhor da mercearia, no avô e no amigo. A empresa de barbear Braun realizou um estudo sobre os diferentes estilos de barba e formas de rosto.

Aqui podes procurar o teu rosto e corte de cabelo e descobrir o teu tipo de barba. Mas isto não significa que funcione para todos os homens. Vê na galeria quais são as sugestões:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Barba, uma forma de afirmação individual

A verdade é que esta é uma moda que se generalizou. Martial Vivot, cabeleireiro nova-iorquino, salienta que ser barbado pode ser uma forma do homem se afirmar individualmente : “Para mim, é extremamente masculino”, disse ao Wall Street Journal.

A maior parte dos homens tem cabelo curto e ter barba abre um novo espetro de autoafirmação”, completou Vivot. Também é sabido que todas as mulheres se encantam por uma barba bem tratada, símbolo claro de masculinidade.

Leonardo DiCaprio, Brad Pitt e Justin Timberlake são algumas das celebridades que passeiam barbas cuidadas e atraentes. Será uma moda para ficar? Ou tornar-se-à a barba algo banal? De acordo com o  Wall Street Journal, o grande problema desta tendência é que os homens tornaram-se todos maçudamente iguais.

Mais do que uma questão de estilo

O uso da barba pode ir além da estética. Prova disso foi a corrente No Shave November. Esta campanha iniciou-se em novembro de 2009 no Facebook e teve cerca de 50 participantes. Hoje, milhares de homens juntam-se a esta causa de luta contra o cancro e aceitam, durante um mês, colocar de lado as máquinas de barbear.

O objetivo desta iniciativa é aumentar o conhecimento acerca do cancro e simultaneamente uma tentativa de angariação de fundos. O apelo passa por doar o dinheiro que os homens costumam gastar no barbeiro, sensibilizando para a prevenção do cancro e ajudando no tratamento daqueles que estão a travar esta batalha.