Nuno Markl escreveu um comunicado na sua página no Facebook, nesta quarta-feira, e nele anunciou que tentou apresentar a sua demissão à RTP e afastar-se da mesa do júri do Festival da Canção. A ação, com intenção de evitar acusações de conflitos de interesses, foi recusada pela estação pública.

O humorista explicou que quis evitar suspeitas de favorecer João Só, com quem colabora no programa As Baladas de Dr. Paixão da rádio Comercial. Só, lembramos, será um dos compositores na segunda semifinal do certame.

Recorda: Lena d’Água na segunda semifinal do Festival da Canção

Eu consigo perfeitamente separar as coisas e nunca me passaria pela cabeça favorecer o João”, afirmou. “Mas compreendo que o facto de eu ser jurado de um concurso onde um colaborador meu participa, pudesse levantar suspeitas.

Markl acrescentou que deliberou em conjunto com a administração do primeiro canal e com o presidente do júri, Júlio Isidro, para encontrarem uma solução. “O que decidimos é que me irei abster de votar na canção do João. A média das votações nessa canção será feita sem a minha participação”, escreveu.

Comediante está cansado do ódio ao festival

No manifesto, aproveitou para criticar os ataques de que o concurso tem sido alvo e defendeu a publicação onde elogiou o favorito do júri, Salvador Sobral. No texto que acompanhou o vídeo, Markl sublinhou o “tremendo talento” do irmão de Luísa Sobral. Nos comentários, vários utilizadores se juntaram em ofensiva contra o cantor. O comediante ripostou.

Lê também: Salvador Sobral hospitalizado

Qualquer bully é um deplorável ser humano que merece ser denunciado”, acrescentou no comunicado. Disse estar “cansado de ódio” e continuou: “Gastam-se muitas energias a odiar tudo com muita força, indiscriminadamente.

No próximo domingo, Markl volta a sentar-se na mesa do júri e revelou estar contente com a experiência. “Mesmo com estas polémicas e zaragatas, estou a adorar a experiência de ser jurado do Festival”, indicou. “Sobretudo de um Festival onde se trabalhou no duro para conseguir reunir um painel de canções variadas, criadas por alguns dos melhores músicos portugueses da atualidade.