Segundo noticia o site Digital Spy, Mark Gatiss, co-criador de Sherlock, não considera plausível que a série venha a ter uma 5.ª temporada.

Os episódios da icónica série da BBC foram, ao longo dos anos, ficando cada vez mais difíceis de produzir, dada a agenda extremamente preenchida das estrelas Benedict Cumberbatch (Sherlock Holmes) e Martin Freeman (John Watson).

O facto de ambos terem conseguido arranjar disponibilidade simultânea para filmar os três capítulos da mais recente temporada terá sido um pequeno milagre – milagre esse que Gatiss não prevê que se repita facilmente.

Sherlock

Honestamente, não sei se irá haver mais. É incrivelmente difícil conseguir que as agendas do Benedict e do Martin se alinhem“, afirmou Gatiss. E acrescentou: “E, obviamente, nós terminámos numa nota bastante feliz… Se aquilo foi o final, ficaria bastante contente com isso.

Mais Sherlock não é, contudo, impossível

As boas notícias assentam no facto de que, se Cumberbatch e Freeman algum dia tiverem tempo livre, os criadores Mark Gatiss e Steven Moffat já têm algumas ideias quanto às histórias originais de Sir Arthur Conan Doyle a utilizar.

O Mark sempre quis fazer o ‘The Red-Headed League‘, e também há o ‘The Engineer’s Thumb‘, que é uma história ligeiramente insana que não tem um final apropriado“, revelou recentemente Moffat. “Há um elemento do ‘The Greek Interpreter‘ que eu considero bastante excitante, e que ainda não foi feito. Isto porque, na nossa versão dos eventos, Irene Adler ainda anda por aí. Mas temos sempre essa hipótese!“, acrescentou.

Lê mais: Sherlock – vê as fotos promocionais da 4.ª temporada
Em Portugal, os direitos de transmissão de Sherlock pertencem ao canal AXN e à RTP.