O escritor e ilustrador holandês Dick Bruna faleceu de forma pacifica durante o sono na passada noite de quinta-feira na cidade de Utrecht, tal como foi anunciado pelo seu editor. O criador da famosa personagem infantil Miffy tinha 89 anos.

Nascido em agosto de 1927 Bruna era filho de  A. W. Bruna, diretor da companhia editorial  A.W. Bruna e Zoon. Hendrik Bruna sentiu desde cedo  alguma pressão para seguir os passos da sua família. No entanto, o desejo do autor em ser um artista prevaleceu: viveu em cidades como Londres e Paris convivendo com grandes personalidades do mundo das artes, entre elas Pablo Picasso e Henri Matisse.

Capa da obra Festa de Anos da Miffy, publicada em Portugal pela editora Asa

O escritor e ilustrador holandês criou a sua mais famosa personagem em 1955 com o objectivo de entreter o seu próprio filho. Miffy, a coelha branca com formas simples e cores primárias que protagoniza algumas das suas histórias infantis, continua a ser a sua mais popular criação. No inicio a sexualidade da personagem era indefinida sendo que com a publicação do sexto livro, A Festa de Anos da Miffy, a dúvida vai ser esclarecida ao colocar Miffy num vestido florido.

Além da sua grande dedicação ao mundo da literatura infantil, Bruna fica ainda associado ao desenho e à ilustração de capas de livros, cartazes e material promocional para a editora de seu pai.

O autor publicou mais de 100 livros durante a sua carreira de 6 décadas, maioria deles infantis, com a coelhinha minimalista branca. As suas vendas ultrapassaram os 80 milhões de exemplares pelo mundo, traduzidos em mais de 50 idiomas. Além disso Miffy ficou também associada ao mundo televisivo infantil sendo exibida na programação do canal televisivo RTP2 pela primeira vez em 2008.

Dick Bruna (na imagem a cima) continuava a escrever nos últimos anos de vida

“Foi um privilégio ter conhecido e trabalhado com Dick Bruna de maneira tão intensa nestes últimos 40 anos”, afirmou a directora da Mercis, Marja Kerkhof, citada em comunicado.