O Firefox é um excelente browser, mas sofre de problemas de performance após algum período de utilização sem o reiniciar ou fechar. A origem está, entre outras coisas, nos valores padrão de algumas opções. Neste caso em concreto, opções relacionadas com o histórico.

Resolver isso é simples e rápido. Segue os passos abaixo e coloca as tuas dúvidas nos comentários.

As alterações

Abre o browser, escreve about:config na barra de endereço e pressiona Enter. Clica no botão do aviso para acederes a todas as opções. Agora, necessitas de criar quatro entradas novas: para isso, basta clicares com o botão direito do rato em cima de qualquer opção, escolher “novo” e de seguida “inteiro”.

As novas opções são:

Para cada uma destas entradas, defini os valores de 30, 30, 4000 e 2000, respetivamente. Podes, no entanto, definir qualquer outro valor. Salvaguardo que, quanto maiores os valores colocados, maior será o histórico do Firefox e pior a performance.

Lê também: Waterfox é um browser baseado no Firefox que aposta na performance

As opções

browser.history_expire_days

Esta opção define o número máximo de dias em que um site se mantém no histórico de visitas do browser. O valor padrão é 180, o que significa que o Firefox guarda o histórico de navegação dos últimos 180 dias.

browser.history_expire_days_min

Esta é semelhante à anterior, mas refere-se ao número de dias de histórico que o browser guarda na memória quando está a ser executado. Aqui, o valor padrão é 90.

browser.history_expire_sites

O histórico do Firefox tem um limite máximo de entradas nessa lista. O valor padrão é 40,000 e elas vão sendo criadas à medida que se vai navegando. Diminuindo o valor, aumenta-se a performance.

browser.history_expire_visits

Esta é a versão anterior da opção supramencionada. A função é essencialmente a mesma, apesar de funcionarem de forma ligeiramente diferente: a anterior define um teto máximo e esta cria logo o número de entradas no histórico e vai-as preenchendo à medida que se visitam os sites.

Artigo publicado inicialmente no meu blog pessoal.