Legion é a nova série da FOX e destaca-se por ser a nova aposta da FX Productions, em associação com a Marvel Television. Estreia a 13 de fevereiro às 21h10 e terá antestreia no FOX Play neste sábado, dia 11 de fevereiro, para aqueles que não conseguirem esperar por segunda-feira. 

Se és fã do popular universo X-Men e já leste todas as bandas desenhadas da Marvel, saberás com certeza quem é o protagonista desta série. Caso contrário, não há motivo para alarmes, nós pomos-te a par de tudo.

O mutante mais poderoso de todos

Traumatizado com experiências que julga serem fruto de alucinações e demência, David comete um ato que resulta na sua institucionalização num hospital psiquiátrico.

Na instituição começa a criar uma rotina, da qual faz parte Lenny, interpretada por Aubrey Plaza, uma amiga otimista que não precisa das respostas dele para criar uma conversa animada. Esta rotina é agitada pela chegada de uma nova paciente, Sydney (Rachel Keller), que chama a atenção de David.

Esta é uma série onde não é fácil distinguir o real da fantasia. E a confusão que sentes é partilhada pelo protagonista. Também ele tem dúvidas quanto à origem dos pontuais episódios, no mínimo bizarros, que experiencia. É por esta altura que surgem os derradeiros efeitos especiais. E que efeitos especiais!

Não nos vamos estender muito para não te arruinar já o primeiro episódio, mas asseguramos-te de que há uma cena em particular cujos efeitos visuais alcançam uma qualidade cinematográfica. Não será difícil reconhecê-la.

É verdade que nem todas as sequências estão tão bem concebidas, mas não deixa de ser notável o esforço de adaptação de uma realidade cuja natureza ficcional em nada o facilita.

Outro aspeto de destaque neste primeiro episódio é precisamente o facto de o espectador estar em pé de igualdade com o protagonista. David pouco sabe sobre as suas capacidades extraordinárias e frequentemente duvida que as tem. É no decorrer da trama que ambos as vão reconhecendo e se torna cada vez mais claro que algo de muito especial se concentra no jovem.

Por enquanto, da família só nos foi dada a conhecer a irmã de DavidAmy Haller, interpretada por Katie Aselton. Porém, quem conhece a história de Legion saberá certamente um pouco mais da sua linhagem. Dúvidas à parte, há uma coisa com a qual todos concordamos: “Se as leituras estiverem corretas, ele pode ser o mutante mais poderoso que já encontrámos”.

Criada por Noah Hawley, à semelhança do que acontece em Fargo, as personagens adquirem um papel central nesta adaptação televisiva da famosa banda desenhada de Chris Claremont e Bill SienkiewiczDavid Haller, interpretado por Dan Stevens, célebre pela participação em Downton Abbey, protagoniza uma série de eventos que, desde logo, anunciam a sua singularidade.

Legion é a primeira adaptação do universo de X-Men, que já rendeu nove títulos no grande ecrã, para a televisão. O criador desconsiderou a possibilidade de existirem crossovers com os heróis da escola do Professor Charles Xavier, mas não coloca a hipótese completamente de lado.

Acho importante estabelecermos que se trata de um mundo próprio com personagens autónomas”, afirmou Hawley à Variety. “Há ligações e podem interligar-se, mas não vou depender disso. Tenho de provar o meu valor. Tenho de provar que a série é boa o suficiente para conseguir incorporar estes elementos do universo dos filmes”, acrescentou.

Texto: Joana Gonçalves e Mariana Espírito Santo.