A companhia aérea TAP anunciou que passará a efetuar rota Lisboa- Abidjan. A ligação entre a capital portuguesa e a capital económica da Costa do Marfim arranca a 17 de julho.

No período de verão, a TAP voará para a Costa do Marfim cinco vezes por semana (segunda, quarta, quinta, sexta e sábado). Já no inverno, a frequência semanal reduzirá para quatro voos semanais.

A ligação Lisboa- Abidjan será operada por aeronaves A320, com capacidade para 165 passageiros. Os voos saem do Aeroporto Humberto Delgado às 17h25 e regressam da Costa do Marfim às 23h00.

A rota não é uma estreia para a companhia, uma vez que foi efetuada durante vários anos, tendo sido suspensa há 15 anos. Agora está de volta com o objetivo de “reforçar o posicionamento estratégico [da companhia] no continente africano”, sublinha a empresa pública em comunicado de imprensa. Com a recuperação da ligação aérea, a TAP passa a voar para 15 destinos em 8 países do continente africano.

A companhia aérea portuguesa apresentou, este ano, uma lista repleta de novos destinos, incluindo Toronto, Estugarda, Gran Canaria, Alicante, Bucareste e Budapeste.

Desde 1945… e agora a voar para 77 destinos

Foi fundada a 14 de março de 1945 com o nome Transportes Aéreos Portugueses, sendo a companhia aérea do Estado.  Em 2005 tornou-se membro do consórcio Star Alliance.

Atualmente, opera para 77 destinos em 29 países, cerca de 2500 voos semanais. A frota possui, no total, 80 aviões.

Num processo altamente conturbado, a TAP Portugal passou a ser uma empresa semi-privatizada. O Estado controla 50% do capital, 45% pertencem à Atlantic Gateway e 5% estão divididos pelos colaboradores da própria empresa.

No fim de 2016, a TAP foi eleita a Melhor Companhia Europeia nos prémios da revista norte-americana Global TravelerTrey Urbhan, administrador da TAP nos Estados Unidos, destacou estes prémios como “um importante reconhecimento da qualidade do serviço e do produto TAP, num mercado tão exigente como o norte-americano e onde a companhia está apostada em continuar a conquistar cada vez mais clientes”.