A Pequena Sereia, musical de Filipe La Féria, está em cena até dia 12 de fevereiro, no Teatro Politeama. Mais do que um espetáculo infantil, a adaptação do conto de Andersen revela-se uma superprodução para miúdos e graúdos.

Den Lille Havfrue, de Hans Christian Andersen, é a história de uma jovem sereia disposta a renunciar da sua vida nos mares e da sua identidade a fim de conseguir uma alma humana e o amor de um príncipe.

Filipe La Féria transformou uma premissa simples e já tão conhecida do público num espetáculo que articula representação, música, canto, bailado e acrobacia. Numa nota futurista, acrescenta-se um sistema de vídeo e a presença de hoverboards, pranchas elétricas, semelhantes a skates mas apenas com duas rodas.

Foto: Divulgação

O reconhecimento da história e das músicas

Tudo começa quando Ariel (Carina Leitão e Inês Branco) se apaixona pelo Príncipe Dimitri (Daniel Galvão e Ricardo Raposo), mas uma das suas irmãs, cheia de inveja, decide denunciá-la ao seu pai, o Rei dos Mares (Tiago Isidro), que muito zangado proíbe todas as suas filhas de voltar à superfície.

Malvada (Paula Sá), uma bruxa do mar, aproveita a oportunidade para ajudar a jovem sereia a obter pernas humanas em troca da sua bela voz e convence-a a assinar um contrato que dita que, se até determinada hora Ariel não beijar o Príncipe, será transformada em espuma do mar.

Com melodias que reconhecemos (uma em particular que nos transporta por minutos para o filme da Anastasia e que é tão bonita que é capaz de nos fazer chorar), mas letras originais que ficam no ouvido, é impossível não sentir vontade de dançar e de cantar em uníssono.

Destaca-se a prestação dos Tubarões Martelo numa performance hip-hopiana com muito estilo e com o auxílio de hoverboards para deslizar melhor. Por outro lado, os figurinos merecem uma salva de palmas, assim como o cenário e os adereços que propiciam o ambiente perfeito para que o público mergulhe na história sem necessidade de coletes salva-vidas.

No Teatro Politeama até dia 12

Uma aventura no mar e na terra sobre a força do amor e da ambição, a importância de persistirmos pelos nossos sonhos. O elenco é composto ainda por Filipe Albuquerque, Ana Sofia Cruz, Sara Cabeleira, João Duarte Costa, Paulo Ferreira, Jonas Cardoso, Miguel Tira-Picos, Hugo Matias, André Fernandes e Ricardo Ramos.

É possível assistir ao musical no sábado, dia 11, e no domingo, dia 12, às 15h, no Teatro Politeama. Os bilhetes podem ser adquiridos na bilheteira do teatro ou online, entre 7,50€ a 12,50€.