Depois do grande ecrã, Apocalypse Now, o clássico cinematográfico de 1979 realizado por Francis Ford Coppola, poderá vir a ser adaptado para videojogo. E até já é possível apoiar o projeto através da plataforma de angariação de fundos Kickstarter.

Quase 40 anos depois de Apocalypse Now ver a luz do dia nas salas de cinema, o clássico que retrata os horrores da guerra do Vietname poderá voltar a dar que falar. Só que agora será num outro meio completamente diferente e até então considerado improvável: o dos videojogos.

A ideia, tal como Coppola a descreveu à revista Deadline, é a de aproveitar a capacidade com que os videojogos são capazes de narrar grandes histórias, de modo a trazer o universo de Apocalypse Now a novas plataformas e a uma nova geração de entusiastas.

Apocalypse Now no Kickstarter

Apocalypse Now

Apocalypse Now no Kickstarter (Fotografia: Kickstarter)

A concretização desse projeto passará pela angariação de fundos através da plataforma digital Kickstarter, onde o objetivo principal consistirá em atingir o valor de $900,000 até ao final do mês de fevereiro. A 28 dias de terminar o prazo estabelecido, o projeto conta já com 1,355 utilizadores apoiantes e um total de $70,720 angariados.

Tal como já vem sendo apanágio deste tipo de plataformas digitais, os apoiantes do projeto terão direito a diversas recompensas consoante a sua contribuição. Atualmente, é possível doar entre $10 (sem direito a recompensa) até um máximo de $10,000.

Elenco de developers de topo

Ao enigmático realizador junta-se uma enorme equipa cujos criadores e designers estiveram envolvidos em alguns jogos de renome como Fallout: New Vegas, Battlefield e Far Cry. A concretizar-se o projeto, a data de lançamento está prevista para meados de 2020.

Só o tempo o dirá se Coppola conseguirá, uma vez mais, surpreender-nos. Enquanto filme, Apocalypse Now teve um longo e árduo caminho no que toca a nível de produção e realização. Agora, enquanto produto idealizado para consumo digital e para o mercado dos videojogos, a tarefa volta a não se avizinhar fácil.