Esta semana, Bones – em português, Ossos – levou-nos para dentro de um lar de idosos, mostrando-nos que os dramas do mundo cá fora também se observam lá dentro, incluindo (des)amores e crimes. O novo episódio, intitulado The New Tricks in the Old Dogs, estreou no dia 18 de janeiro no canal FOX.

A vítima desta semana é James Felbeck, de 86 anos, que estava a passar o resto dos seus dias numa residencial para a terceira idade. Se não acreditavam que um idoso de tal idade poderia ser assassinado, desenganem-se. O pior de tudo isto é que o culpado parece ser, evidentemente, um dos residentes do lar.

A primeira suspeita cai sobre Barbara, uma senhora idosa que mantinha uma relação discreta com James. A suspeita seguinte, contudo, vai imediatamente para Rufus, outro senhor que andava atrás de Barbara e ficara com ciúmes da vítima. Quem diria que um lar de idosos guardava triângulos amorosos?

No exterior do edifício, Booth (David Boreanaz) deixa-se encantar por Red, um veterano de guerra que serviu no mesmo batalhão que o avô do próprio Booth. O protagonista simpatiza imediatamente com o velhote mas, se me perguntarem a mim, eu antevi logo algo de suspeito nele. Adiante.

Claro que, no meio da investigação, há sempre tempo para uma agitação pessoal. Após Angela (Michaela Conlin) e Hodgins (T.J. Thyne) revelarem desejo de terem outro filho, a mesma pergunta é plantada na cabeça de Booth e Brennan (Emily Deschanel). A melhor solução, segundo esta, é que Booth faça uma vasectomia, de modo a evitar surpresas desagradáveis. Precisamos de ser tão radicais? Já ouviram falar de preservativos?

A questão dos bebés estende-se também para Saroyan (Tamara Taylor) e Arastoo (Pej Vahdat). Visto que estes dois estão noivos e com o casamento aí à porta, levanta-se a questão de se eles estarão dispostos a começar uma família juntos. Eu pessoalmente adoro a ideia, acho que esta série precisa de uma certa frescura juvenil.

De volta à investigação, a equipa descobre que Rufus e James estavam a usar a conta de um idoso já falecido para vender medicamentos ilegalmente, desviando então a suspeitas para Rufus. O verdadeiro culpado, contudo, é Red, que admite ter cometido o crime após James ter insultado a sua posição enquanto veterano. Estes idosos têm mais temperamento e mais raiva do que eu nos meus anos de juventude.

À medida que Booth e Brennan decidem manter as portas abertas para uma família maior, Arastoo e Saroyan decidem que o melhor para o seu futuro será adotar, tendo em conta o número de crianças refugiadas que precisam de uma casa. Combinando novas e velhas gerações num só episódio, Bones está definitivamente a montar o palco para as últimas despedidas e eu nunca me senti tão pouco preparado para dizer adeus a uma série.

NOTA: 8/10