agarra a música sic
Foto: SIC/Divulgação

SIC dá luta, mas ‘Desafio Final’ agarra a liderança

A estreia de Agarra a Música deu luta ao Desafio Final: Agora ou Nunca, mas o reality show da TVI não largou a liderança. A segunda gala do Desafio Final 4 registou 12,1% de audiência e 26,6% de share, fechando com uma média de 1 milhão e 170 mil espectadores.

O concurso apresentado por Cláudia Vieira e João Paulo Rodrigues estreou com 11,5% de audiência e 22,3% de share, o correspondente a cerca de 1,115 milhões de espectadores.

Enquanto Agarra a Música esteve no ar, entre as 21h14 e as 22h45, a estação de Queluz registou uma média de 12,6% / 24,5%. A SIC antecipou-se e estreou a sua nova aposta 17 minutos antes de Agora ou Nunca arrancar, o que lhe permitiu chegar à liderança durante o intervalo da TVI.

Após o fim de Agarra a Música, o reality show da TVI não deu hipótese a A Lei do Amor. Emitida às 22h58, a novela brasileira ficou-se pelos 4,4% / 12,0%, batendo um novo mínimo de share em 2017.

Também a RTP1 teve uma palavra a dizer na noite deste domingo. Os Extraordinários recuperou da queda da semana anterior e bateu recorde de rating e de share, com 9,6% / 18,1%. O programa de Sílvia Alberto, que foi visto por perto de 925 mil espectadores, arrancou isolado no terceiro lugar mas aproximou-se da concorrência e chegou a ultrapassar a SIC por breves minutos.

Telejornal bate novo mínimo, concorrência agradece

O principal noticiário da RTP1 voltou a atingir um novo mínimo do ano, com apenas 5,1% de audiência e 10,1% de share. A aposta da estação pública no Confronto semanal entre Ana Gomes e Nuno Morais Sarmento não tem surtido efeito: o segmento, emitido após um intervalo, ficou-se pelos 3,6% / 6,9%.

À mesma hora, os noticiários das privadas batiam recordes positivos. O Jornal das 8 conseguiu a melhor audiência de 2017 (13,8%, com um share de 27,1%), tendo sido o programa mais visto do dia. O espaço Repórter TVI, dedicado ao Negócio dos Manuais Escolares, foi decisivo para o bom resultado, tendo registado 14,6% / 28,0%.

Na SIC, o Jornal da Noite conseguiu o melhor rating e share do ano (12,1% / 23,9%), tendo liderado durante a Reportagem Especial (13,2% / 25,9%). O espaço de comentário de Marques Mendes marcou 12,1% / 23,3%, ficando atrás da TVI.

Outros destaques do dia
  • A RTP1 transferiu O Avô Fugiu de Casa das noites de sexta-feira para o final da tarde de domingo, mas sem sucesso. O concurso de Fernando Alvim ficou-se pelos 2,5% / 5,5%, muito longe da concorrência. O público idoso foi o que mais aderiu ao formato, que registou 10,4% / 15,5% nos maiores de 75 anos, mas também aí não conseguiu liderar.
  • A TVI24 apostou na transmissão do Sampaense x FC Porto, a contar para o Campeonato da Liga Portuguesa de basquetebol, mas o resultado foi tímido: apenas 0,2% / 0,6%, bem abaixo da média do canal. Cerca de 19 mil espectadores viram a partida.
  • O programa mais visto da RTP3 voltou a ser o Trio D’Ataque, com 1,4% / 3,3%. Na RTP Memória a preferência foi para a série portuguesa Esquadra de Polícia, emitida às 10h16, com 0,5% / 2,9%.
Valores de audiências Total Dia (Live+VOSDAL), da responsabilidade da GfK/CAEM.  RTP3 e RTP Memória são apresentadas com resultados totais (TDT+Cabo).

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Beatriz Gosta
Beatriz Gosta tem novo programa na RTP