A estreia de Agarra a Música deu luta ao Desafio Final: Agora ou Nunca, mas o reality show da TVI não largou a liderança. A segunda gala do Desafio Final 4 registou 12,1% de audiência e 26,6% de share, fechando com uma média de 1 milhão e 170 mil espectadores.

O concurso apresentado por Cláudia Vieira e João Paulo Rodrigues estreou com 11,5% de audiência e 22,3% de share, o correspondente a cerca de 1,115 milhões de espectadores.

Enquanto Agarra a Música esteve no ar, entre as 21h14 e as 22h45, a estação de Queluz registou uma média de 12,6% / 24,5%. A SIC antecipou-se e estreou a sua nova aposta 17 minutos antes de Agora ou Nunca arrancar, o que lhe permitiu chegar à liderança durante o intervalo da TVI.

Após o fim de Agarra a Música, o reality show da TVI não deu hipótese a A Lei do Amor. Emitida às 22h58, a novela brasileira ficou-se pelos 4,4% / 12,0%, batendo um novo mínimo de share em 2017.

Também a RTP1 teve uma palavra a dizer na noite deste domingo. Os Extraordinários recuperou da queda da semana anterior e bateu recorde de rating e de share, com 9,6% / 18,1%. O programa de Sílvia Alberto, que foi visto por perto de 925 mil espectadores, arrancou isolado no terceiro lugar mas aproximou-se da concorrência e chegou a ultrapassar a SIC por breves minutos.

Telejornal bate novo mínimo, concorrência agradece

O principal noticiário da RTP1 voltou a atingir um novo mínimo do ano, com apenas 5,1% de audiência e 10,1% de share. A aposta da estação pública no Confronto semanal entre Ana Gomes e Nuno Morais Sarmento não tem surtido efeito: o segmento, emitido após um intervalo, ficou-se pelos 3,6% / 6,9%.

À mesma hora, os noticiários das privadas batiam recordes positivos. O Jornal das 8 conseguiu a melhor audiência de 2017 (13,8%, com um share de 27,1%), tendo sido o programa mais visto do dia. O espaço Repórter TVI, dedicado ao Negócio dos Manuais Escolares, foi decisivo para o bom resultado, tendo registado 14,6% / 28,0%.

Na SIC, o Jornal da Noite conseguiu o melhor rating e share do ano (12,1% / 23,9%), tendo liderado durante a Reportagem Especial (13,2% / 25,9%). O espaço de comentário de Marques Mendes marcou 12,1% / 23,3%, ficando atrás da TVI.

Outros destaques do dia
  • A RTP1 transferiu O Avô Fugiu de Casa das noites de sexta-feira para o final da tarde de domingo, mas sem sucesso. O concurso de Fernando Alvim ficou-se pelos 2,5% / 5,5%, muito longe da concorrência. O público idoso foi o que mais aderiu ao formato, que registou 10,4% / 15,5% nos maiores de 75 anos, mas também aí não conseguiu liderar.
  • A TVI24 apostou na transmissão do Sampaense x FC Porto, a contar para o Campeonato da Liga Portuguesa de basquetebol, mas o resultado foi tímido: apenas 0,2% / 0,6%, bem abaixo da média do canal. Cerca de 19 mil espectadores viram a partida.
  • O programa mais visto da RTP3 voltou a ser o Trio D’Ataque, com 1,4% / 3,3%. Na RTP Memória a preferência foi para a série portuguesa Esquadra de Polícia, emitida às 10h16, com 0,5% / 2,9%.
Valores de audiências Total Dia (Live+VOSDAL), da responsabilidade da GfK/CAEM.  RTP3 e RTP Memória são apresentadas com resultados totais (TDT+Cabo).