Lisboa vs Porto está de volta em 2017 e com um artigo dedicado a uma das bebidas mais populares do mundo: chá. É janeiro e o frio sente-se por todo o país, por isso nada como uma bebida quente para aquecer o corpo e a alma. Se és alfacinha, tripeiro ou apenas alguém de passagem por Lisboa ou Porto, este artigo indica-te algumas casas de chá que não podes perder.

Lisboa

Biarritz

Se o teu plano é mesmo tomar um chá e comer um bolo numa casa castiça, podes sempre passar pela Biarritz, no bairro de Alvalade. Se os teus avós são alfacinhas, provavelmente já te falaram deste espaço.

Situada no largo Frei Heitor Pinto, mesmo no coração das Avenidas Novas, esta pastelaria secular tem um menu que certamente que vai encher as medidas. A decoração é clássica, quase como se o tempo não tivesse passado por ela. Entrar na Biarritz é fazer uma viagem a outras décadas, mas sempre com alguma elegância.

No que toca a chás – e provavelmente é por isso que estás aqui – tens vários tipos. Podes escolher um chá individual ou um bule para dividir com outra pessoa de chá verde ou menta, por exemplo. Mas a Biarritz também oferece os chás Camélia “de uma qualidade superior” e que prometem surpreender: o chá branco é um exemplo. Para além disso, também há uma hipótese de chá biológico e frio, o Dashi.

Para acompanhar o chá, tens uma seleção de salgados, tostas, torradas, baguetes, e bolos para todos os gostos, de onde destacamos as duchesses como um must try.

R/C Oriente

Não, não fica no Oriente, embora o nome engane. O R/C Oriente é uma casa de chá em Alvalade, na rua Luís Augusto Palmeirim, que funciona simultaneamente como um centro de Yoga e Meditação.

Com uma decoração diferente e um pouco vintage, o R/C oriente oferece cerca de 40 variedades de chá, organizados em brancos, verdes, pretos, rooibos, tisanas e biológicos do Alentejo. Os mais ousados podem, por exemplo, experimentar o chá Reiki, uma mistura de sultanas, maçã, manga, erva-príncipe, hibisco, laranja, urtiga, amoreira, centáurea e pétalas de rosa.

Quem preferir jogar pelo seguro terá opções mais clássicas e biológicas, como o chá de lúcia-lima, com propriedades relaxantes, ou de tomilho e limão, com propriedades medicinais ao nível, por exemplo, das constipações.

Para acompanhar o chá há ainda bolo à fatia, scones ou torradas. Servem-se ainda pequenas refeições, como sopa ou tostas.

O R/Oriente dinamiza ainda alguns Workshops na área do bem-estar e lazer, nomeadamente de pequenos-almoços e lanches saudáveis, Orikata (arte japonesa de embrulhos) ou Sashico (técnica japonesa de alinhavos).

Saboreia Chá e Café

Embora seja um franchising de uma marca espanhola, o Saboreia Chá e Café do Parque das Nações merece destaque. Com uma bela paisagem, o espaço “oferece um ambiente calmo e relaxante”, como se pode ler na sua página de Facebook.

https://www.instagram.com/p/fz42SeFZBT/?tagged=saboreiach%C3%A1ecaf%C3%A9

No Verão, o espaço oferece uma esplanada onde se pode aproveitar o sol enquanto se bebe uma bebida mais fresca ou um sumo. No Inverno, a sala acolhe-nos a beber um chá quente, acompanhado de um dos famosos bolos do espaço. Entre chás, cafés, cappuccinos, gelados, tostas, waffles e crepes o difícil é mesmo escolher.

https://www.instagram.com/p/BGmgdvNGyQe/?tagged=saboreiach%C3%A1ecaf%C3%A9

Os chás, mais uma vez, estão organizados entre Brancos, Vermelhos, Pretos e Verdes, dependendo das suas propriedades e sabor, podendo ainda optar-se por infusões de frutas ou plantas. A oferta de cafés também é vasta, com várias origens e aromatizados.

A empresa tem ainda um compromisso com o meio ambiente, tentando que todas as lojas funcionem de forma sustentável.

Porto

Khan el Khalili

Localizado na Rua 5 de Outubro, o Khan el Khalili retira o seu nome de um dos principais mercados do Cairo, e desde o momento em que entramos, nos apercebemos do quão diferente é todo o ambiente nesta Casa de Chá.

View this post on Instagram

Egyptian nights #DanBirthday

A post shared by R I T A A L L E N ✨ (@ritasalome.f) on

Já no interior se pode notar que não é só em nome que este espaço é egípcio. Os vários objetos, tecidos e temas árabes decoram maravilhosamente o espaço e fazem-nos sentir como se estivessemos mesmo no tempo dos Faraós.

Com o espírito hospitaleiro característico do Médio Oriente, o Khan el Khalili une-se à arte portuguesa de bem receber e cria um ambiente harmonioso e perfeito para todas as idades. O ambiente lounge convida a todos os visitantes a experimentar os variados cocktails típicos com sumos de fruta naturais e os inúmeros produtos que se encontram à disposição para satisfazer os mais requintados desejos.

Em relação a animação, o Khan el Khalili apresenta uma vertente cultural que se assenta na dança do ventre nas noites de sexta-feira, sábado e nas vésperas de feriado, e nas noites temáticas.

Rota do Chá

View this post on Instagram

#rotadocha #Porto #teahouse

A post shared by Paulo Nunes (@wateronfyre) on

Um dos lugares mais agradáveis para tomar chá na Invicta é, sem dúvida, na Rota do Chá. Situado na Rua Miguel Bombarda, este negócio surgiu em 2002 com a intenção de se criar um espaço dedicado a uma das bebidas mais famosas do mundo e às suas variedades, assim como de promover o velho hábito de consumo de chá no Porto, que surgiu graças a D. Catarina de Bragança.

No entanto, se não te gostas de ficar só pelo chá às refeições, continuas a ter uma variedade de opções para degustares enquanto bebes. Podes comer um menu brunch (com carne, peixe ou opção vegetariana), assim como uma variedade de tostas (com Presunto, Atum, Pimentos Vermelhos, Mostarda, Presunto, Mista Italiana, etc.) e sumos naturais com uma grande variedade de sabores.

https://www.instagram.com/p/65VzIoIroy/?tagged=rotadocha

 

No entanto, a Rota do Chá também é memorável pelo seu espaço agradável que apresenta a quem visita esta casa. Quer a Sala Ganesch (no interior), quer o seu jardim (no exterior), acompanhado com uma estátua de Ganesha, tornam-se sem dúvida espaços acolhedores com uma decoração elegante e um ambiente repleto de paz e serenidade. Tomar chá no jardim torna-se particularmente agradável na época da Primavera.

View this post on Instagram

#porto #rotadocha #tea #store #mug

A post shared by Bruno Miguel Pereira Gomes (@brunnen.g) on

A Rota do Chá tem ainda ao seu dispor uma loja com uma variedade de chás e infusões. Se és um adepto desta bebida, faça frio ou sol, quando passares pela Invicta este espaço permitir-te-á tomar chá e descontrair num espaço verde, fresco e inesquecível.

A Xícara

https://www.instagram.com/p/JAgeeILiDB/?taken-at=292197891

Entretanto pela Foz, perto da Praia do Homem do Leme está a Xícara, uma casa de chá que também serve refeições, caso queiras acompanhar o teu chá com algo mais. O establecimento conta também com uma cafetaria, uma pastelaria e um restaurante, para todos os que lá passam independentemente da hora.

https://www.instagram.com/p/olSWJvAJbm/?taken-at=292197891

No seu menu (que poderás consultar na íntegra na página web), a Xícara oferece várias propostas de pratos portugueses, tais como Francesinha, Tripas à Moda do Porto, Rojões, Bacalhau à Brás, Caldo Verde, entre outros pratos. O espaço dispõe de uma lotação de 30 a 50 lugares, assim como um serviço de take-away.

Quer escolhas um prato típico, uma salada, uma omolete, ou um snack mais leve, na Xícara poderás acompanhar as tuas refeições com um chá quente à beira do mar.

Artigo escrito pelas alfacinhas Inês Chaíça e Serenela Moreira e pelos tripeiros Sara Sampaio e Tiago Costa.