Mais um ano, mais uma lista. Em 2016, o grande ecrã foi marcado por dois grandes confrontos entre super-heróis e o regresso ao mundo de blockbusters do passado. Com a quantidade de filmes de alto orçamento a aumentar em 2017, torna-se necessário começar a selecionar as obras que mais merecem ser vistas no grande ecrã, não meramente devido aos seus visuais, mas também aos artistas que as estão a moldar.

Sendo assim, o Espalha-Factos apresenta os 25 filmes que não vais mesmo querer perder nas salas de cinema em 2017.

Viver na Noite

Com a Lei Seca em vigor e os gritantes anos 20 como pano de fundo, Viver na Noite retrata a vida de Joe Coughlin, um mafioso corrompido pelas más vivências de Boston, e dos seus parceiros no mundo do crime organizado. Ben Affleck é simultaneamente realizador e personagem principal, neste filme que tem estreia marcada em Portugal para 12 de janeiro.

Manchester by the Sea

Realizado por Kenneth Lonergan, Manchester by the Sea é um drama que conta a história de Lee Chandler, um indivíduo que é forçado a regressar à sua terra natal para tomar conta do seu sobrinho após a morte do irmão. Este retorno é marcado pelas reminiscências nostálgicas de Lee, ao enfrentar as razões que o levaram a distanciar-se de Manchester, da sua família e do seu passado. Protagonizado por Casey Affleck, Michelle Williams, Kyle Chandler, Manchester by the Sea chega às salas de cinema portuguesas dia 19 de janeiro.

Silêncio

A mais recente obra de Martin Scorsese, Silêncio relata a missão de dois padres jesuítas portugueses, em pleno século XVII, e da sua viagem ao Japão, em esforços de localizar o seu mentor desaparecido e de propagar a fé cristã. Fé esta que será posta à prova ao enfrentarem perseguição e violência extrema, numa época em que o Catolicismo foi banido e a sua presença proibida. Andrew Garfield, Adam Driver e Liam Neeson são apenas algumas das estrelas deste drama histórico que tem estreia portuguesa marcada para 19 de janeiro.

La La Land

Uma das obras mais esperadas do ano, La La Land, da mente de Damien Chazelle, conta a história da inflamada paixão entre o pianista Sebastian e Mia, uma aspirante a atriz, pelas ruas de Los Angeles. Ambos tentarão conciliar as suas aspirações profissionais com o relacionamento, harmonizando a sua busca pela fama e sucesso com o amor que sentem um pelo outro. Com Ryan Gosling e Emma Stone nos papéis principais, La La Land chega a Portugal a 26 de janeiro.

T2: Trainspotting

Proveniente dos subúrbios duvidosos de Edimburgo, Escócia, chega-nos T2: Trainspotting, a sequela que continuará a contar as vivências dependentes de Renton, Spud, Sick Boy e Begbie, 20 anos depois do filme original. A realização continuará ao encargo de Danny Boyle, que retrata o vício, vingança e quantidades maciças de heroína que Ewan McGregor, Jonny Lee Miller, Ewen Bremner e Robert Carlyle voltarão a representar. Dia 2 de fevereiro é a data de estreia em Portugal para a continuação da saga Trainspotting.

O Fundador

A adaptação cinematográfica da biografia de Ray Kroc, o fundador da cadeia de alimentação mais famosa do mundo, o MacDonald’s. Protagonizado por Michael Keaton, tem estreia marcada nas salas portuguesas dia 2 de fevereiro.

Elementos Secretos

A história de três mulheres afro-americanas que, em tempos da Guerra Fria, trabalham na NASA e são o cérebro de uma das maiores operações da agência aeroespacial ao mesmo tempo que lutam contra o preconceito de género e raça. Com estreia marcada no nosso país também para dia 2 de fevereiro.

Moonlight

Uma história intemporal de ligações humanas e auto-descoberta, Moonlight conta a história de um jovem negro desde a sua infância à idade adulta, enquanto luta para escapar ao mundo da criminalidade e das drogas de um bairro em Miami, ao mesmo tempo que tenta encontrar o seu lugar no mundo. Também estreia a 2 de fevereiro.

Vedações

Realizado e protagonizado por Denzel Washington, e com Viola Davis, Vedações é a história de um pai afro-americano que luta contra questões raciais nos Estados Unidos enquanto tenta criar a sua família na década de 1950. Tem estreia marcada nas salas de cinema portuguesas dia 9 de fevereiro.

Jackie

Após o trágico assassinato do presidente norte-americano John F. Kennedy, a primeira-dama, Jacqueline Kennedy, interpretada por Natalie Portman, luta contra o sofrimento e contra o trauma de modo a recuperar a sua fé, consolando os seus filhos e definindo o histórico legado do seu marido. Estreia também no nosso país dia 9 de fevereiro.

Lego Batman: O Filme

Após o sucesso de O Filme Lego, o auto-proclamado protagonista Lego Batman regressa, desta vez com direito ao palco só para ele. Vendo-se agora a braços com a paternidade, depois da decisão de adoptar um jovem órfão de nome Robin, Batman é levado a considerar a luta contra o Mal como um trabalho de equipa. A estreia nos ecrãs nacionais está agendada para 16 de fevereiro.

John Wick: Capítulo Dois

John Wick (Keanu Reeves) vê-se forçado a interromper novamente a sua reforma quando um velho aliado requisita o seu auxílio para concretizar o plano de tomar de assalto um sinistro grémio de assassinos profissionais. Desta feita, a missão leva-o até à cidade de Roma, onde vai enfrentar os seus rivais mais perigosos. Mais uma ingressão de Keanu Reeves num dos papéis que melhor lhe tem assentado nos últimos anos. O filme chega aos cinemas a 23 de fevereiro.

Logan

A saga X-Men parece não ter fim à vista e vai lançar em 2017 o décimo filme da série que começou  no ano 2000. A história de Logan toma lugar anos depois do que vimos acontecer em X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido e foca-se numa jovem mutante de nome Laura, que é protegida por Charles Xavier e pela personagem de Hugh Jackman das forças malignas que a perseguem. 2 de março é a data assinalada no calendário para a chegada do filme aos cinemas portugueses.

São Jorge

Depois da estreia mundial na edição deste ano do festival de Veneza, que valeu a Nuno Lopes o prémio especial de melhor actor na secção “Orizzonti”, o filme português São Jorge chega finalmente às salas nacionais. A história passa-se no Portugal da era Troika e centra-se num pugilista desempregado que aceita trabalho numa empresa de cobranças difíceis, para pagar dívidas e evitar que a sua família tenha de abandonar o país. A estreia tem data marcada para 9 de março.

The Circle

O trailer de The Circle é de fazer crescer água na boca. A julgar pelo pouco que vimos, o novo filme de James Ponsoldt parece ter algo a dizer sobre o mundo tecnológico que merece ser ouvido. Protagonizado por Tom Hanks e Emma Watson, a história é a de uma jovem profissional que consegue tabalho numa empresa de tecnologia denominada The Circle, que vende uma ideia que não é afinal tão benigna como parece. Infelizmente, vamos ter de esperar por mais pormenores. O lançamento está agendado para 28 de abril, nos Estados Unidos.

Alien: Covenant

Já lá vão quatro anos desde que Prometheus deixou questões por resolver, questões essas que Alien: Covenant promete agora responder. No entanto, este filme já larga o titulo do anterior para se conetar diretamente com a saga Alien original. Covenant passa-se vários anos após o seu predecessor e centra-se no grupo de uma nave que explora um planeta “paraíso”, sendo que acabam por encontrar lá o misterioso andróide David, único sobrevivente de Prometheus. Este promete ser o primeiro de três novos filmes na franquia passados antes dos eventos de Alien: O 8º Passageiro (1979), e irá chegar a portugal no dia 18 de maio.

Guardiões da Galáxia 2

O aguardado regresso ao universo cósmico da Marvel irá chegar com Guardiões da Galáxia 2. Mais uma vez sob a realização de James Gunn, a equipa está toda de volta com Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista, Vin Diesel e Bradley Cooper. A juntar-se ao grupo está ainda Pom Klementieff no papel de Mantis. Esta sequela promete responder a algumas das perguntas mais importantes deixadas pelo filme original, como a identidade do pai da personagem de Pratt e acima de tudo, as músicas que constituem o Awesome Mix Vol. 2. Estará disponível em todas as salas de cinema portuguesas no dia 7 de agosto.

The Book of Henry

Um drama acerca de uma mãe solteira (Naomi Watts) que tenta educar um génio: Henry (Jaeden Lieberher). Este cria um plano para salvar a rapariga por quem está apaixonado, do próprio pai dela, que é também o comissário da polícia. Esta é uma obra que promete regressar à simplicidade que o realizador Colin Treverrow (Mundo Jurássico) tinha oferecido em Safety Not Guaranteed (2012) e servir de “exercício” antes de se preparar para explorar as estrelas no Episódio IX de Star Wars. Poderá ser visto nos cinemas portugueses a partir de 15 de junho.

Planeta dos Macacos: A Guerra

Planeta dos Macacos é uma das franquias mais antigas, existindo já desde os anos 60. Mas é surpreender ver que continua em força mais de meio século após a sua estreia no grande ecrã. De facto, a franquia parece estar neste momento melhor do que nunca, com os dois filmes anteriores a terem sido sucessos críticos e financeiros. Planeta dos Macacos: A Guerra será o terceiro nesta nova série de filmes, que mais uma vez protagoniza Andy Serkis no papel de Caesar, líder de uma comunidade de macacos inteligentes. Desta vez, Caesar irá entrar em conflito com um coronel humano implacável interpretado por Woody Harrelson (True Detective). A Guerra chegará a Portugal em 13 de julho.

Dunkirk

Christopher Nolan regressa com a longa-metragem Dunkirk, que se centra na Evacuação de Dunquerque – ou, como é conhecida, Operação Dínamo – que aconteceu durante a Segunda Guerra Mundial. O filme tem estreia marcada para dia 20 de julho e no seu elenco constam nomes como Tom Hardy e, pela primeira vez no grande ecrã, Harry Styles.

Baby Driver

Kevin Spacey e Jamie Foxx são os nomes a destacar deste novo projecto de Edgar Wright, realizador de Scott Pilgrim Contra o Mundo (2010). O filme foca-se em Baby (Ansel Elgort), um jovem que trabalha como motorista para vários assaltantes de bancos. A película tem estreia prevista para dia 24 de agosto.

Blade Runner 2049

Blade Runner 2049 é a aguardada sequela do título Blade Runner. Ridley Scott – que realizou o primeiro filme – terá um papel de produtor executivo nesta longa-metragem realizada por Denis Villeneuve (Sicário – Infiltrado e O Primeiro Encontro). Para além do regresso de Harrison Ford como Rick Deckard, o filme conta com as adições de Ryan Gosling e Jared Leto para dar vida à história que se passa três décadas depois dos acontecimentos do filme de 1982. A sua estreia será dia 5 de outubro.

Kingsman: The Golden Circle

Kingsman: The Golden Circle pode à primeira vista parecer só “mais uma sequela”, mas após a surpresa que foi Kingsman: Serviços Secretos (2014), a possibilidade de mais histórias centradas no super-espião Eggsy (Taron Egerton) parece ser uma excelente ideia. Especialmente se isso contar com o regresso de Matthew Vaughn (Kick-Ass e X-Men: O Início) na realização, cujo humor e ação dinâmica tornam os seus filmes num espetáculo único e digno de ver no grande ecrã. Pouco se sabe ainda de The Golden Circle, para além do facto de Colin Firth também regressar ao papel que desempenhou no anterior e de a organização Kingsman se juntar à sua versão americana para combater um inimigo em comum. A estreia em portugal está prevista para 5 de outubro.

Coco

Coco é a aposta da Pixar para 2017. Realizado por Lee Unkrich (Monstros E Companhia, À Procura de Nemo e Toy Story 3), este filme de animação inspira-se na tradição mexicana do Dia dos Mortos (Día de los Muertos) e tem como personagem principal Miguel, um rapaz de 12 anos cujas acções despoletam acontecimentos relacionados a um mistério com mais de cem anos. A estreia portuguesa desta longa-metragem será dia 30 de novembro.

Star Wars: Episódio VIII

Star Wars: Episódio VIII será realizado por Rian Johnson que, para além de ter realizado o filme Looper – Reflexo Assassino, trabalhou como realizador em alguns episódios da aclamada série norte-americana Ruptura Total (Breaking Bad). Para além de ser, obviamente, a continuação de Star Wars: O Despertar da Força, ainda nada se sabe sobre aquele que será o novo episódio da mais famosa saga do cinema. O filme chega às salas portuguesas dia 14 de dezembro.

 

 

Artigo redigido por Adriano Ferreira, Mariana Cruz, Pedro Rodrigues, Rodrigo Umbelino e Rui Pereira.