Os Extraordinários

‘Os Extraordinários’ estreia a 1 de janeiro na RTP1

Apresentado à imprensa no início do mês, o novo programa de Sílvia Alberto irá começar no primeiro dia do próximo ano. Os Extraordinários prepara-se para substituir The Voice no horário nobre da RTP1, às 21h30, mas a sua mecânica será totalmente diferente.

No novo talent show da estação pública de televisão, os participantes são incitados a ultrapassar desafios que exigirão, sobretudo, destreza mental e uma memória acima da média. A vertente física não será, contudo, totalmente posta de lado.

Sílvia Alberto nas gravações de ‘Os Extraordinários’.
Lembra: Sílvia Alberto na RTP com ‘Os Extraordinários’

O programa de 1 de janeiro será o primeiro dos seis episódios previstos, que terão aproximadamente uma hora de duração, durante a qual quatro concorrentes irão mostrar o que valem. O mais extraordinário de cada episódio será apurado para a última ronda, onde ficará habilitado ao prémio final de dez mil euros.

Uma das premissas deste novo programa passa por deixar os espectadores de queixo caído e, depois de algumas semanas de gravações, o objetivo parece estar a ser cumprido na plenitude.

Os concorrentes têm deixado a plateia mesmo surpreendida. Acho que, pelo menos em Portugal, nunca se fez um programa com este formato. Normalmente são dedicados ao canto ou à dança, por exemplo, mas creio que nunca houve um que destacasse estas outras áreas nas quais as pessoas também são capazes de brilhar”, explicou Sílvia Alberto, aquando das gravações do episódio de estreia, nos estúdios da RTP.

O cenário de “Os Extraordinários” durante a realização de uma das provas.

Já houve concorrentes que receberam ovações do público e eu senti que essa foi uma reação bastante genuína por parte das pessoas na plateia, o que significa que aquilo que estamos a ver nestas gravações parece mesmo impossível para nós, comuns mortais. Tem sido inacreditável”, referiu a apresentadora, visivelmente entusiasmada com o seu novo projeto. A cara da RTP aproveitou ainda para contar uma história curiosa sobre um jovem concorrente do programa.

Temos o caso de um miúdo que surpreendeu toda a gente com as suas habilidades de cálculo mental… mas tinha negativa a matemática. Houve até alguma polémica em torno desse caso, já que nos fez questionar o ensino que ele tinha. O rapaz tem um raciocínio absurdo, veloz, é impressionante. Eu acho que Os Extraordinários vem mostrar este tipo de capacidades diferentes, que espero que sejam capazes de cativar o público”, acrescentou.

Este é o palco onde os concorrentes terão a oportunidade de demonstrar todo o seu potencial.

Sobre a possibilidade de ser produzida uma segunda série, Sílvia Alberto mostrou-se bastante recetiva, mas também ciente de que essa não é uma decisão que possa ser ela a tomar. “Seria interessante, mas é preciso, entre outras coisas, descobrir concorrentes como estes que tivemos nesta edição. Quiçá, depois de darmos a conhecer este programa às pessoas, isso suscite a vontade de quem nos estiver a ver em casa de dizer ‘eu também consigo fazer alguma coisa especial e também quero demonstrar a minha capacidade incrível’”.

Mais Artigos
007 O novo filme de James Bond já tem trailer
‘007: Sem Tempo Para Morrer’ sofre novo adiamento