Antes das listas de fim de ano e dos discos de dezembro, uma retrospetiva pelos álbuns lançados em novembro de 2006. Há hip hop e Natal aqui em baixo.

Jarvis CockerJarvis (Rought Trade Records)

Em 2006 estavam os Pulp de Jarvis Cocker parados e sai Jarvis, disco homónimo, em si mesmado, não é uma completa rutura com a vida anterior já que muitos dos membros da banda participam no disco. Mantém-se a carga poética e adicionam-se mais cordas. O resultado é um belíssimo disco de inverno com temas

Para ouvir também: Don’t Let Him Waste Your Time, Fat Children, From Auschwitz to Ipswich

Joanna NewsomYs (Drag City)

O segundo disco da harpista teve a mão de alguns mestres como Steve Albini, Jim O’Rourke ou Bill Callahan (com quem namorou) e entrou nas listas dos melhores do ano. Cinco longos temas – Only Skin tem 16 minutos! – e uma ambiência quase barroca fazem deste um dos álbuns mais importantes do arranque do milénio.

Para ouvir também: Todas!

Snoop DoggTha Blue Carpet Treatment (Geffen Records)

Uma mão cheia de talentos colaboraram no 9.º disco de originais desde Dr. Dre, The Neptunes, Timbaland, Ice Cube, D’Angelo ou Stevie Wonder, completando – e enriquecendo muito – uma obra de 21 temas em “Doggystyle”: temas com pouca substância lírica mas verdadeiros rebuçados de hip hop.

Para ouvir também: That’s That (Shit), Boss’ Life, Conversations

Jay-ZKingdom Come (Rock-A-Fella Records)

Também ao 9.º disco Jay-Z faz uma espécie de retorno ao passado lançando um disco que recolheu uma maioria de críticas negativas apesar do seu sucesso comercial. Dr. Dre, Kanye West, The Neptunes, e a pópria Beyoncé participaram no disco que nos Estados Unidos vendeu mais de 3 milhões de cópias.

Para ouvir também: Anything, Hollywood, Beach Chair

Sufjan Stevens Songs for Christmas (Asthmatic Kitty)

O multifacetado Sufjan Stevens deu-nos até hoje discos diversos que nos tocam quer o corpo quer a alma. Nesta caixa especial de 5 CDs (imprescindível em qualquer coleção) atirou-se a temas clássicos como Silent Night ou Jingle-Bells mas compôs e escreveu dezenas deles perfeitos para entrarmos no espírito natalício.

Para ouvir também: Ding! Dong!, Did I Make You Cry on Christmas? (Well, You Deserved It!), Sister Winter