O combate aos conteúdos pirata é cada vez maior e a Google que o diga. A gigante da internet ultrapassou, pela primeira vez num ano, a marca de mil milhões de pedidos de remoção de links que alegadamente continham este tipo de ficheiros.

Os números fazem parte do Relatório de Transparência da empresa. Mais de noventa porcento do total foram removidos.

grafico

O site The Torrent Freak analisou os números e constatou um aumento significativo, comparativamente com os anos anteriores. Do total de dois mil milhões de pedidos recebidos desde março de 2011, metade corresponde aos últimos doze meses.

No topo da lista de domínios com mais links removidas está o site 4shared.com, seguido do rapidgator.net com sensivelmente metade do anterior.

Se a tendência se mantiver, podemos esperar um aumento ainda maior no número de pedidos de remoção de conteúdos pirata no final do próximo ano.