Jekyll and Hyde, uma adaptação livre do clássico Strange Case of Dr. Jekyll and Mr. Hyde, escrito por Robert Louis Stevenson em 1886, é a nova série de horário nobre da RTP2. Estreia esta quarta-feira, 23, às 22h00.

Charlie Higson, o autor da série, transforma uma história clássica do bem contra o mal numa aventura de elegante fantasia imersa na idade de ouro dos filmes de terror de Hollywood.

A série passa-se em 1930 na cidade de Londres e centra-se no jovem, sensível e ingénuo Dr. Robert Jekyll (interpretado por Tom Bateman), neto de Henry Jekyll, o protagonista do clássico literário. Robert herdou a maldição do seu avô, e em momentos extremos é superado por um poder inexplicável: Hyde.

Super-humano e desinibido, o diabolicamente atraente Hyde é tudo o que Jekyll não é. Ao longo de dez episódios, a série regista a luta de Jekyll para equilibrar a luz e a escuridão dentro de si, à medida que vai caindo no mundo temível, mas mágico de Hyde.

Violência excessiva causou polémica

Jekyll and Hyde estreou em 2015 na estação britânica ITV, tendo gerado críticas pela violência considerada excessiva para o horário em que era exibida, ao final da tarde. Finda a primeira temporada, a série não foi renovada. Os 10 episódios serão agora transmitidos, em prime-time, pelo segundo canal da estação pública, substituindo a minissérie O Grande Assalto ao Comboio.

A aposta em séries europeias tem sido uma das marcas distintivas da RTP2, estando já anunciado um reforço da presença de ficção internacional nas tardes de fim-de-semana. A partir do dia 3, o Desporto 2 será substituído por séries e animação, estando programadas reposições de Academia de Dança e O Código do Crime.