pateo-alfacinha-mercearia-lombo-de-atum
Tornedó de atum

A Mercearia do Páteo Alfacinha aquece este Inverno

A Mercearia do Páteo Alfacinha está de volta para mais uma temporada de Inverno. Não faltam pratos bem quentinhos com aromas outonais utilizando ingredientes frescos provenientes de produtores nacionais. O Espalha-Factos teve a oportunidade de degustar o novo menu e partilha agora toda a experiência.

Ao entrarmos no Páteo Alfacinha sentimos, quase automaticamente, que esta será uma experiência única. No espaço localizado na Ajuda, respira-se uma atmosfera completamente diferente de qualquer outro sítio que já tenha estado em Lisboa – dizem que nos mostra o verdadeiro espírito alfacinha.

A Mercearia está localizada ao fundo do complexo, com uma vista brilhante para o rio e a Ponte 25 de Abril. Mal entramos a temperatura está agradavelmente amena, perfeita para os dias mais agrestes. Somos automaticamente recebidos por um dos garçons que nos conduz à nossa mesa junto à parede envidraçada. A parede oposta está genialmente decorada com uma quantidade generosa de vinhos. A tradição e a atualidade fundem-se, na decoração como na cozinha, num espaço onde também pode levar para casa os produtos utilizados na confeção dos pratos.

Os petiscos são a estrela da casa

Começamos a nossa degustação com o couvert composto por azeitonas panadas, manteigas de ervas e enchidos e brigadeiro da casa ( de carne).  O pão para acompanhar é nos dado a escolher de entre um cesto com um leque de variedades, desde caril, tomate e sementes de papoila.

Os petiscos continuam ser a estrela da casa e a escolha é vasta. Nós tivemos o prazer de experimentar duas especialidades, os ovos rotos com chouriço de porco preto, cogumelos e azeite virgem alho su’alma, além dos camarões em polme fritos com ervas aromáticas “sabores do monte”.  Para acompanhar os petiscos foram-nos servidas ainda chips de batata doce com flor de sal e oregãos. Terminadas as entradas estávamos maravilhados com este festim gastronómico.

O prato principal que nos roubou o fôlego

Se as entradas nos deixaram agradavelmente surpreendidos, o prato principal roubou o nosso fôlego: Arroz de tamboril e gambas. Esta é uma das novidades do menu deste inverno genialmente criado pelo Chef Pedro Moreira.

Outras grandes especialidades são o Tornedó de atum com batata palito e ovo estrelado e o Arroz de lebre com feijoca Bomba calasparra. O conceito dá privilégio aos produtos portugueses, exceto um: o Arroz bomba calasparra. A iguaria espanhola é um dos segredos mais bem guardados para a qualidade exímia dos pratos.

A verdadeira surpresa está no doce de final de refeição. Não são uma, nem duas, mas sim três sobremesas. É-nos disponibilizado, diariamente, um carrinho de doces com um conjunto de três iguarias à escolha. Estão disponíveis uma infinidade de tentações. O grande destaque vai para os cheesecakes com compotas caseiras. Provamos, ainda, o fondant de caramelo e o crumble de pêra.

A Mercearia está aberta de terça a domingo para os almoços e sextas e sábados para jantares. Funciona até ao mês de maio. Entre junho e setembro, está aberta a Horta, o restaurante de verão, que convida a almoços e jantares prolongados, onde os grelhadores de carvão são os atores principais.

O Páteo Alfacinha foi criado em 1981 por Vitor Seijo. Requalificando um baldio, concentrou num páteo espaços de habitação popular, de nobreza e comércio tradicional. Assim, foi feita uma capela, barbearia, taberna, padaria, cervejaria, antiquário, e as casas que os alfacinhas habitavam. Hoje encontramos escritórios, ateliers e salas para os mais variados eventos.

Morada:

Rua do Guarda Jóias, 44

1300 – 294 Lisboa

Reservas:

21 364 2171

 

Salvar