Há razões para rejubilar no mundo da animação: Hayao Miyazaki vai sair da reforma para realizar uma nova longa-metragem.

Boro, a Lagarta começou por ser uma curta-metragem feita a computador para o museu do Estúdio Ghibli, mas Miyazaki não estava satisfeito com o formato.

Segundo o site Anime News Network, a lenda viva da animação planeia demorar mais 1 ano a terminar a curta e mais 3 ou 4 para a longa-metragem, de forma a poder estreá-la no ano dos Jogos Olímpicos de Tóquio: 2020.

Boro será “a história de uma pequena e peluda lagarta, que de tão pequena pode ser esmagada no meio dos dedos”, afirma Hayao, que deverá ter 80 anos pela altura que este seu novo projeto estrear. O seu último filme, As Asas do Vento,  esteve nomeado para o Oscar de Melhor Filme de Animação em 2014.