nhbb

Pelos Palcos de Portugal em novembro

A rubrica Pelos Palcos de Portugal está de volta. Os palcos das grandes salas deste país preparam-se para receber o melhor do teatro, da dança e da performance. O frio e a chuva própria de novembro conjugam num perfeito encontro num palco de Portugal.

As Criadas

17 a 24 de novembro | 21.30h  | Theatro Circo, Braga | Teatro

14708133_10154769704074781_337642344847958295_n
Foto: Divulgação

Em As Criadas discute-se a existência e a natureza do mal. A perversidade natural, essa força primitiva e irresistível, que faz que estas criadas sejam ao mesmo tempo homicidas e suicidas, criminosas e carrascos. Um espetáculo que se pretende totalmente despido de preconceitos, em que cada personagem se eleva aos limites do impossível, quanto aos comportamentos humanos, na solidão da Casa.

Preço: 10 euros.

As Mentiras que os Homens Contam

25 novembro | 21.30h | Casa da Criatividade, São João da Madeira | Teatro

13701175_1112593528815166_3577627493458016131_o
Foto: Divulgação

Todos sabemos que o universo masculino é repleto de mentiras.
O que desconhecemos é que mentir é uma questão de sobrevivência. Os homens não mentem às mulheres mas sim, pelas mulheres. Tudo pela harmonia no lar, pelo status social, por fantásticas noites com amigos, pelos jogos de futebol e tantas outras razões inerentes à virilidade. As Mentiras que os Homens Contam fala da história de Jorge e Carla, um casal que vive os problemas e alegrias de qualquer relacionamento, num meio social comum para a maioria das pessoas, com amigos “sacanas”, algumas amantes, onde as personagens se colocam em situações embaraçosas por mentiras inocentes.

Preço: entre 5 e 10 euros.

Fora do Baralho

19 de novembro | 21.30h | Teatro Académico de Gil Vicente, Coimbra | Ilusionismo

14463298_1751927375071080_6953769434813144029_n
Foto: Divulgação

Fora do Baralho é mais do que um espetáculo de magia. Mistura a arte da ilusão com a cénica e a teatral, criando não só magia, mas uma atmosfera mágica. Conta a história de um mágico que tenta criar o seu próximo espetáculo. Nesse mundo existem outras personagens, a empregada que detesta ver tudo desarrumado, ou o artesão das ilusões do Mário. Numa relação muito divertida, e invocando os valores da amizade, cooperação e família, fazem com que os “truques” surjam de forma natural no decorrer da narrativa e se transformem em verdadeira magia.

Preço: 12 e 15 euros.

Les Ballets Trockadero de Monte Carlo

2 de novembro | 21h | CCB, Lisboa | Dança

 

13055363_1366839506664478_7926977128086823589_n
Foto: Divulgação

À seriedade e rigor da performance aliam abundantes doses de humor ou não fossem os bailarinos, todos, homens. Sim! Não há mulheres na companhia, “eles” fazem todos os papéis e esta é a marca da diferença e da diversão.

Preço: entre 15 a 45 euros.

Árida

24 e 25 novembro | 21h | CCB, Lisboa | Dança

14695443_10154179994756051_93821828189542946_n
Foto: Divulgação

Árida, nova criação de Maria Ramos, surge na continuidade do trabalho coreográfico Something Still Uncaptured, ambos em colaboração com a designer de luz Vinny Jones.
Na peça anterior, trabalhamos a partir da ideia de contenção e adensamento do espaço. Chamamos-lhe ‘paisagem-em-ação’. Neste trabalho, continuamos a desenvolver a noção de ‘paisagem-em-ação’, mas explorando a noção de aridez, vastidão e expansão do espaço cénico. Os corpos dos intérpretes, colocados num ambiente árido, exposto, ofuscante, extremo, não assumirão o papel principal.

Preço: 10 euros.

Isto é uma tragédia

17 de novembro | 21.30h e 18h | Teatro Maria Matos, Lisboa | Teatro

14601092_10154262236753393_2911213826925367972_n
Imagem: Divulgação

Em Isto é uma tragédia tudo o que há para ver está à mostra. Não se esconde o final para o largar no final, nem a identidade para a revelar no momento certo, não se usam mistérios, não se fazem revelações.
O desafio deste espetáculo é desaparecer como a vida.

Preço: 12 euros.

Madame Butterfly

25 novembro | 21h | Praça do Campo Pequeno, Lisboa | Ópera

13599780_1422896974392064_3381071474231552278_n
Foto: Divulgação

A comovente história de uma bela e jovem gueixa que sacrifica a família, religião e a própria vida por amor ao marido americano, é uma das mais emblemáticas óperas de Giacomo Puccini. Estreou no Teatro alla Scala, Milão, a 17 de Fevereiro de 1904 e, em Lisboa, foi apresentada pela primeira vez a 10 de Março de 1908, no Teatro Nacional de São Carlos.
Com libreto de Luigi Illica e Giuseppe Giacosa, Madame Butterfly pela Ópera del Mediterraneo, dirigida pelo maestro Fernando Alvarez.

Preço: entre 15 a 45 euros.

Longo Curso

23 a 27 de novembro | 21.30h | Rua das Gaivotas 6, Lisboa | Dança

14725680_1851527411742534_4090881171284248485_n
Foto: Divulgação

Inserido na programação do 14º. Festival de Artes em Movimento, Longo Curso tem como motor principal a pesquisa da manifestação da identidade pelo corpo. Explora em particular a emigração enquanto fenómeno que questiona, transforma e redefine essa mesma identidade. O espetáculo serve-se da prática do atletismo enquanto meio para aprofundar o tópico da emigração e o seu processo, na medida em que explora um paralelismo entre o atleta e o emigrante, ambos figuras na eminência de perder o gesto ineficaz e típico para dar lugar ao gesto eficaz e qualificante.

Preço: 4 e 6 euros.

O Ator Que Pensava Que o Teatro Era a Vida

5 de novembro | 21.30h | Teatro Sá da Bandeira, Santarém | Teatro

14725453_617388471776459_5066798556273878081_n
Foto: Divulgação

Um actor faz um espectáculo para si mesmo. Um actor faz um espectáculo de si mesmo. Sozinho dentro de uma sala de teatro, enuncia como quem imagina estórias e cenas de um espectáculo que nunca existiu, que vai existir ou que está sempre a acontecer. A acontecer agora. Gestos que se repetem em palavras. A fantasia enquanto didascália.

Preço: 5 euros.

Russian Classical Ballet: O Lago dos Cisnes

22 de novembro | 21.30h | Teatro das Figuras, Faro | Dança

14523040_1505591079457881_1581444355648609680_n
Foto: Divulgação

O Lago dos Cisnes é considerado o mais espectacular dos bailados clássicos, repleto de romantismo e beleza, é epítome dos bailados clássicos; a coreografia exige dos bailarinos destreza e aptidão técnica na representação das personagens da história. A sua popularidade é por outro lado motivada pela música inspirada de Tchaikovsky, mas também a coreografia inventiva e expressiva de Petipa que, relacionando o corpo humano com os movimentos de um cisne, revela a sua genialidade, o seu potencial coreográfico e criatividade artística.

Preço: 25 euros.

Allo, ‘Allo!

26 de novembro | 21.30h | Teatro das Figuras, Faro | Teatro

14702242_1505591359457853_3237697733997911978_n
Foto: Divulgação

A ação passa-se durante a ocupação alemã no decorrer da II Grande Guerra Mundial, no Café René, que está, a partir de agora, novamente aberto! O café vai ficar cheio de alemães para com quem René tem de ser… simpático, depois chega a sua mulher com quem René tem de ser também … simpático, depois as suas empregadas de mesa, Mimi e Yvette com quem René… gosta de ser simpático, principalmente quando a mulher não está por perto. No piso de cima está a sogra de René com quem ninguém gosta de ser simpático.

Preço: 12.50 e 15 euros.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Troféu Festival da Canção 2021
Guia TV. Há Festival da Canção e muitos filmes em estreia este fim-de-semana