Aqui há Blog

Aqui Há Blog #37: Infinito Mais Um

Ana Garcês é uma miúda com metro e meio, que devora livros às dúzias, gosta de andar descalça e aprendeu recentemente a andar de bicicleta. É no Infinito Mais Um que partilha as descobertas do dia-a-dia, das mais simples às mais profundas.

Infinito Mais Um, porque todos queremos o céu e mais além

Nascida na Madeira e com uma longa passagem pelo Algarve, Ana estuda Enfermagem na Universidade de Évora. Desde que se lembra é esse o sonho, mas a entrada no ensino superior não se deu logo aos 18 anos. A vida quis que viesse primeiro o Infinito Mais Um, que está quase a fazer cinco anos. “Gosto de ter o blogue há tanto tempo porque dá para acompanhar o meu crescimento.” 

“É, de certa forma, uma carta de amor gigante aos últimos cinco anos da minha vida.” – Ana Garcês, acerca do seu blogue Infinito Mais Um

Agora, aos 23 anos, já não larga o gosto pela bata branca e o estetoscópio. Foi uma caminhada difícil, que fez questão de documentar no seu blogue, um espaço que tem acompanhado as várias etapas da sua vida. “Quando estava feliz, quando estava triste, quando cumpria os meus objetivos e até quando não os conseguia cumprir.”

Entretanto, tornou-se mais difícil gerir e manter este seu diário virtual. “Quando estou em época de frequências é-me quase impossível.”, lamenta, mas explica que a culpa é do cansaço e do pouco tempo livre, ocupado por outras responsabilidades. Por outro lado, é exatamente não ter nenhum momento de descanso que a motiva a escrever. “Às vezes obrigo-me a sentar à mesa e a preparar várias publicações para não deixar o blog totalmente ao abandono.”

Mas o que significa Infinito Mais Um? A princípio, estava apenas relacionado com os limites infinitos, a matéria de matemática que mais a entusiasmava. Mais tarde passou a significar o tempo que tinha pela frente para crescer como pessoa e fazer aquilo que sempre quis. Entretanto, assinala ainda a criação do seu pequeno negócio de remodelação de blogues, o desejo de prosperidade e de ser capaz de ajudar as pessoas a gostarem ainda mais do seu espaço na blogosfera. Agora é, claro, uma homenagem aos amores da sua vida. “Àquilo que me move, comove, inspira.”

“Já consegui aprender muita coisa com toda a gente que já passou pelas minhas mãos, sobretudo quando alguns clientes me desafiam a fazer coisas que nunca fiz.” – Ana Garcês, acerca do seu negócio de design

Confessa que gosta particularmente dos seus textos pessoais, sempre com uma nota positiva para a Ana do futuro. De qualquer forma, admite que acaba por escrever sobre tudo o que a apaixona, embora gostasse de publicar “mais opiniões sobre livros e filmes e mais dicas de fotografia e design.” Ainda assim, confessa que gosta muito de partilhar “contas de Instagram portuguesas que valem muito a pena.”

Ana e os seus lábios arrojados

Apesar de afirmar que só liga o suficiente a moda, Ana Garcês tem muito estilo, o que é fácil de perceber pelas fotografias com que decora as publicações. “A fotografia permite-me imortalizar momentos por mais banais que sejam.” 

É, por isso, a melhor forma de ilustrar as suas ideias – e de fazer um statement com os seus lábios arrojados, não fosse fã incondicional de batons MAC“Sinceramente não sei bem como começou, mas sempre fui fascinada pela marca.”

View this post on Instagram

Old faithful // #rubywoo #mac #lipstick

A post shared by Ana Garcês (@agarces) on

Não é o tipo de pessoa que vista a última moda, mas está sempre atenta às novidades, nem que seja para descobrir uma nova forma de utilizar alguma peça que já tinha. É uma retro nerd, diz, explicando que costuma misturar peças com corte retro (como saias midi rodadas ou calças de cintura subida) com uma outra peça da cultura pop, que pode até incluir piadas nerd que pouca gente há-de entender. “Não é raro verem-me de saia de cintura subida rodada e uma tshirt com estampa de consolas de jogos.” Sapatos com sola de trator é que não, obrigada.

De estilo espera ser uma Audrey Hepburn, de personalidade uma Jane Austen. Copo de leite, diz que o seu lado esquerdo é o mais bonito, possui um gene ruivo de décima geração e sardas (e sinais) às resmas. Afirma-se uma grammar nazi nas horas livres e sabe quantidades exorbitantes de informação.

Na blogosfera fez amizades, daquelas à séria. Gosta muito da partilha e da sensação de comunidade, de que há espaço para toda a gente. Da criatividade e de todas as perspetivas – e talvez essa amálgama de mundos tenha contribuído para a criação do Bloggers Camp, com as suas Catarinas, a do Daydreams e a do Joan of July“É um trabalho de amor. Que tira muito tempo e dá muitas dores de cabeça.” Mas que faz com todo o gosto, porque todas sentem que conseguem fazer a diferença (nem que seja um bocadinho) na vida das pessoas que por lá passam. E não só. “Eu, por minha vez, sei que fico muito mais rica depois de cada edição e isso, para mim, é impagável.”

Os blogues das amigas estão, obviamente, no seu top 3 de blogues nacionais preferidos, a que se junta o Little Tiny Pieces of MeInternacionais elege o Wish, Wish, Wish, o Pequenina Vanilla e o Zoella. Infinito Mais Um é a sua marca e, não se espera outra coisa, há-de estar no top 3 de alguém. É imposível não gostar de uma miúda que é uma jukebox. Alegra-nos logo o dia, mesmo quando a música são apenas palavras sinceras num ecrã.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.