A oitava temporada de The Vampire Diaries ainda agora começou e já está a mexer com todos os nossos sentimentos de nostalgia, preparando os fãs para o grande final da série. O novo episódio, intitulado Today Will Be Different, estreou no canal The CW no dia 28 de outubro. Em Portugal, os Diários do Vampiro sobem ao palco do AXN Black.

Na semana passada, assistimos ao famoso “Olá, irmão”, a primeira frase dita por Damon (Ian Somerhalder) no primeiro episódio da série, quando ele ainda era antagonista. Após oito anos, conseguimos ver o quanto a relação entre ele e Stefan (Paul Wesley) cresceu, quando a mesma frase é proferida durante uma missão de salvamento.

Para além de um triângulo amoroso, The Vampire Diaries sempre se concentrou bastante na história destes dois irmãos, numa relação de amor-ódio. Contudo, a série faz questão de manter Elena (Nina Dobrev) viva nas nossas memórias, nomeadamente através do título do episódio desta semana, que é uma das frases que Elena escreveu no seu diário no primeiro episódio, pouco depois da morte dos seus pais.The Vampire Diaries -- "Hello Brother" --Image Number: VD801c_0008.jpg -- Pictured (L-R): Ian Somerhalder as Damon and Michael Malarkey as Enzo -- Photo: Bob Mahoney/The CW -- © 2016 The CW Network, LLC. All rights reserved.

Há uma semana, descobrimos que o novo inimigo é uma espécie de ninfa de nome Sybil (Nathalie Kelley), uma criatura super poderosa e super imortal e super tudo. Após Bonnie (Kat Graham) ser a primeira a perceber a ameaça que os heróis agora enfrentam, o tempo começa a esgotar-se até Damon e Enzo (Michael Malarkey) ficarem completamente entregues ao poder de Sybil.

A vítima desta semana é Sarah Salvatore (Tristin Mays), o único membro restante da família Salvatore para além dos irmãos. Por ordem da ninfa, Damon e Enzo ficam encarregues de matar a pobre rapariga. Bonnie consegue imobilizar Enzo e raptá-lo, enquanto Stefan fica encarregue de travar Damon. Todos os esforços acabam por ser em vão.

Sybil entra em cena e ela própria mata Sarah. Ainda não sei bem o que sentir relativamente a esta dita ninfa. Ela é encantadora em todos os aspetos, como seria de esperar. No entanto, as suas falas parecem demasiado mecânicas e falta-lhe um certo toque de perigo e ameaça para a tornar num inimigo minimamente consistente.mv5bmtgxmtc5nju4ml5bml5banbnxkftztgwmdu1njq0mdi-_v1_

Enquanto isso, Bonnie tem de se despedir de Enzo mais uma vez e ainda não foi desta que o conseguiu salvar. Continuo a achar que a química entre estes dois é demasiado forçada e a relação entre ambos parece apenas uma desculpa para que nenhum deles acabe sozinho. Mas nem tudo são más notícias!

Stefan decide dar um passo em frente e pede finalmente Caroline (Candice King) em casamento. A resposta, claro, é sim! Lembremo-nos do primeiro episódio da série, em que Stefan disse diretamente a Caroline: “Nunca vai haver nada entre nós”. Como se costuma dizer, mudam-se os tempos, mudam-se as vontades.mv5bmjmwnzewmzqxof5bml5banbnxkftztgwmzuynjczmdi-_v1_

Alaric (Matt Davis) e a sua estagiária Georgie (Allison Scagliotti) continuam a sua investigação, completamente alheios aos dramas e tragédias dos restantes protagonistas. A dupla encontra um artefato, com um símbolo que Georgie tatuou há uns anos após ter tido uma experiência próxima da morte e ter estado, diz ela, no inferno.

Até para The Vampire Diaries esta história é demasiado fantasiosa, mas certamente deve significar alguma arma milagrosa para matar Sybil. Na esperança de que a submissão de Damon e Enzo não se arraste infinitamente, seria interessante ver a influência da inimiga sobre os restantes heróis.

Melhor do que isso, vendo o regresso de Sarah à série esta semana, espero que isto signifique possíveis aparições de caras conhecidas, em jeito de despedida da série que nos levou numa autêntica montanha-russa de emoções durante os últimos oito anos.

NOTA: 7/10