Eminem está de volta. O rapper divulgou no Twitter uma canção inédita onde ataca Donald Trump e referencia vários temas, desde a violência policial no Estados Unidos da América até aos relógios Apple Watch.

Na rede social, a voz de The Real Slim Shady anunciou estar a trabalhar num novo disco. “Fica aqui algo, entretanto“, acrescentou. O rap, com duração de sete minutos, é urgente e agressivo e Eminem não poupa rimas sobre o candidato republicano à Casa Branca.

Lê mais: Hillary vs Trump: Onde podes ver o último debate televisivo

No discurso de Campaign Speech, o rapper derruba com palavras o magnata: “Consider me a dangerous man/ But you should be afraid of this dang candidate“, avisa. E prossegue: “You say Trump don’t kiss ass like a puppet?/ ‘Cause he runs his campaign with his own cash for the funding?/ And that’s what you wanted?/ A fuckin’ loose cannon who’s blunt with his hand on the button/ Who doesn’t have to answer to no one?/ Great idea!

A ofensiva é apontada também aos apoiantes de Trump: “Run the faucet / I’m a dunk a bunch of Trump supporters underwater / Snuck up on ‘em in Ray-Bans in a gray van with a spray tan“, rima sobre uma produção eletrónica e minimalista.

Com uma mensagem política sempre marcada, Eminem lançou o seu último trabalho em 2013. Em agosto foi convidado de Drake, na paragem em Detroit da sua digressão, e juntos atuaram Forever, música na qual colaboraram em 2009, em conjunto com Kanye West e Lil Wayne.