Uma alimentação saudável aliada à prática de exercício físico são hábitos que todos deveriam adotar de modo a viver longos anos. Porém, outras rotinas e fatores contribuem para o aumento da esperança média de vida de determinadas regiões. Fica a conhecer dez dos locais do mundo onde a regra é viver mais que 80 anos.

Okinawa – 90-100 anos

A longevidade desta população sul japonesa deve-se, sobretudo, à alimentação. Grãos, peixe, soja e legumes ocupam cerca de 75% dos hábitos alimentares dos habitantes. Os restantes 25% são ocupados pelo açúcar. Este tipo de dieta diminui as chances de os okinawanos morrerem devido a doenças comuns.

okinawa

Península de Nicoya, Costa Rica – 90 anos

A qualidade da dieta e da água dos habitantes deste local são os fatores que mais contribuem para a animadora esperança média de vida. Feijão, abóbora e tortilha de milho são alguns dos alimentos mais consumidos. Para além disso, a região dispõe de um “remédio natural” – a água rica em cálcio e magnésio, que fortalece os ossos e relaxa as artérias.

p-nicoya

Icaria, Grécia – 90 anos

As palavras-chave descritivas da população desta região poderiam ser “sem stress”. De facto, em Icaria, reina um modo de vida relaxado e sem grandes preocupações. Paralelamente, a alimentação é à base de vegetais orgânicos e azeite.

icaria

Mónaco – 89, 73 anos

Este é o local com o maior número de milionários e bilionários per capita. Coincidência ou não, a saúde destes parece sair beneficiada – em média, os habitantes do Mónaco vivem quase 90 anos. A alimentação é sobretudo proveniente da cozinha mediterrânea.

monaco

Hong Kong – 86,7 anos

Este é um local cheio de bons hábitos – dieta à base de peixe e legumes cozidos ao vapor, bem como caminhadas ou treinos matinais. Uma alimentação saudável aliada à prática habitual de exercício físico tem, pois, benefícios evidentes.

hong-kong

Macau – 84, 41 anos

Os jogos são a principal fonte de rendimento deste território chinês. Porém, cerca de 70% do valor é destinado a cuidados de saúde. Para além disso, os frutos do mar são a base alimentar dos habitantes, contribuindo para a elevada esperança média de vida destes.

macau

Austrália – 83,7 anos

Tal como em Macau, os frutos do mar ocupam grande parte da dieta dos australianos. Para além disso, na Austrália há poucos fumadores e predomina um estilo de vida bastante ativo.

australia

Andorra – 82,51 anos

Apesar da grande quantidade de cadeias de fast food existentes neste local, a dieta típica é mediterrânica – carne, peixe e legumes. Para além da alimentação saudável, os habitantes da região são fãs de esqui e caminhada.

andorra

Singapura – 82,14 anos

Dieta equilibrada e avanços na saúde pública nas últimas décadas, fizeram com que esta região aumentasse substancialmente a esperança média de vida dos seus habitantes.

singapura

Islândia – 81,28 anos

Na Islândia, a dieta é feita à base de óleo de peixe, cordeiro, chá preto, legumes, grãos integrais e frutas silvestres. Para além disso, os baixos níveis de poluição, bem como de doenças comuns, tais como as cardíacas e a depressão, contribuem para uma esperança média de vida acima dos 80 anos.

islandia