Barack Obama está a poucas semanas de deixar a presidência dos Estados Unidos da América e aproveitou agora para colaborar com a revista Wired e revelar as suas séries e filmes de ficção científica favoritas.

Numa lista bastante diversa que vai de space operas ao estilo mais documental de Cosmos, Obama realçou particularmente Star Trek.

Segundo ele, a série durou porque “não era realmente sobre tecnologia. Era sobre valores e relações. E é por isso que não importava que os efeitos especiais fossem um pouco maus e foleiros, certo? (…) Mas não importava porque, na verdade, falava era sobre a noção de uma humanidade comum e uma confiança na nossa habilidade de resolver problemas.”

obama

Segue-se a lista completa com pequenas notas sobre o porquê de Obama os ter selecionado:

  • 2001: Odisseia no Espaço“Captura a grandeza e escala do desconhecido”.
  • Blade Runner“Questiona o que significa ser humano”.
  • Encontros Imediatos do Terceiro Grau“É fundamentalmente otimista”.
  • Star Wars“Era divertido e revolucionou os efeitos especiais”.
  • Star Trek (a série original) – “Utiliza ficção científica para promover a ética humana”.
  • Perdido em Marte“Mostra humanos como alguém que soluciona problemas”.
  • Matrix“Faz as perguntas básicas sobre a nossa realidade. E tem um aspeto muito fixe”.
  • Cosmos“Alimentou o fascínio que toda a vida tive sobre o espaço”.

Depois das recentes declarações de Barack Obama sobre a intenção de colocar humanos em Marte por volta de 2030, esta lista vem reafirmar o fascínio do presidente pelo espaço e pela tecnologia.

Esta edição da revista Wired com Barack Obama como editor convidado estará disponível a 25 de outubro, mas, infelizmente, não deverá ser lançada em Portugal.