A Real Academia Sueca atribuiu o Nobel da Literatura de 2016 a Bob Dylan. O anúncio foi feito esta quinta-feira em Estocolmo.

Lê mais em Falta de consenso adia anúncio prémio Nobel da Literatura

Bob Dylan, autor de vários sucessos dos anos 60, como Blowin’ in the Wind, foi distinguido por “ter criado novas expressões poéticas através da grande tradição musical norte-americana“. Segundo Sara Danius, secretária permanente, Dylan é um “poeta maravilhoso”.

A escolha do cantor e compositor é, na realidade, uma surpresa, embora o seu nome fosse já uma presença habitual nas listas de candidatos. A polémica está instalada uma vez que a carreira de Robert Allen Zimmerman – real nome de Dylan – é essencialmente musical.

O vencedor do Nobel é sempre uma incógnita uma vez que não existe uma lista de finalistas. O japonês Haruki Murakami e o queniano Ngũgĩ wa Thiong’o eram os favoritos das apostas para arrecadarem o mais prestigiado prémio da literatura.