O zumzum começou no domingo, com uma foto do elenco original reunido, e ontem à noite os fãs puderam ver um especial da série que nos deixou há dez anos.

Depois de muita especulação sobre a surpresa que estava a ser preparada, eis que ontem à noite, antes do debate que pôs Hillary Clinton frente-a-frente com Donald Trump, os fãs puderam ver um mini-episódio de Will and Grace.

A premissa foi bastante simples: apelar ao voto dos norte-americanos, com uma piscadela de olhos aos indecisos.

À parte da mensagem política, é notório ver como Debra Messing, Eric McCormackMegan Mullally, Sean Hayes e até Shelley Morrison voltaram tão facilmente aos papéis que captaram a nossa atenção durante oito temporadas.

O vídeo acaba com uma mensagem muito simples: #votehoney.

Oito anos de sucesso

Will and Grace esteve no ar durante oito temporadas, totalizando 194 episódios, emitidos entre 1998 e 2006. A história passa-se na cidade de Nova Iorque e foca-se na relação entre os personagens Will Truman e Grace Adler, que eram um casal na faculdade, até Will perceber que era homossexual. A partir daí, os dois tornam-se amigos e passam por várias situações insólitas e hilariantes.

Joe Biden, vice-presidente dos Estados Unidos, considera que a série “provavelmente fez mais para educar o público norte-americano sobre questões LGBT” do que qualquer outra das iniciativas feitas com este fim.