Emmy Awards 2016: os vencedores

A gala que premeia o que melhor se faz na televisão americana está de volta. Apresentada por Jimmy Kimmel, o comediante que já apresentou a cerimónia em 2012, a gala dos Emmy Awards foi transmitida em Portugal pela SIC Caras.

A diversidade (ou a falta dela) em Hollywood e as eleições presidenciais dos EUA estiveram em cima da mesa naquela que foi a edição dos Emmy que tornou Game of Thrones na série mais premiada de sempre, destronando assim Fraiser.

Jimmy Kimmel começou logo por falar nestes temas controversos ao fazer descer as luzes sobre o produtor executivo de Celebrity Apprentice, Mark Burnett. Foi neste programa que Donald Trump começou a tornar-se mais conhecido do grande público e, para Kimmel, Mark Burnett acaba por ser o responsável pelo sucesso da candidatura de Trump.

Courtney B. Vance, ao ganhar o primeiro Emmy da carreira, expressou a sua opinião ao dizer “Obama sai, Hillary entra!” enquanto saía do palco. Aziz Ansari utilizou a ironia ao pedir que toda a gente que ficava fora do muro que Trump planeia construir saísse da sala, inclusive os seus pais. Já Julia Louis-Dreyfus foi mais crítica sobre o estado político atual, comparando a série que protagoniza, Veep, ao que se passa nos EUA.

“O nosso programa começou por ser uma sátira política, mas agora parece mais um documentário sobre a realidade”, afirmou a recordista de Emmy. A atriz conseguiu nesta cerimónia o seu oitavo Emmy, quinto consecutivo, ultrapassando Candice Bergen e Mary Tyler Moore. Julia Louis-Dreyfus é assim a atriz com mais Emmys de sempre.

Outra atriz que deu que falar foi Maggie Smith, por esta ser a nona vez que não aparece na cerimonia, algo que Jimmy Kimmel fez notar. O apresentador propôs inclusive, em tom cómico, mudarem-se as regras para que quem não comparecesse não ganhasse o prémio. Quando Maggie Smith foi anunciada vencedora de mais um Emmy pelo seu desempenho em Downton Abbey, Kimmel apareceu no palco e disse à atriz que, se quisesse a estatueta, deveria dirigir-se aos perdidos e achados.

Vozes que se fazem ouvir cada vez mais alto

Depois da polémica do #Oscarsowhite, a diversidade cultural nos nomeados a prémios artísticos tem estado sempre na ordem do dia, tanto que Jimmy Kimmel brincou com a situação: “Em Hollywood, a única coisa que valorizamos mais do que a diversidade é congratularmo-nos pelo quanto valorizamos a diversidade”. 

Na verdade, o discurso mais poderoso sobre esta temática envolveu a comunidade transgénera. Jeffrey Tambor mandou literalmente calar a música que põe fim ao discurso dos vencedores e apelou a uma maior integração dos transexuais em Hollywood, através da escrita de mais papéis para os mesmos e de maior abertura em audições.

O ator afirmou ainda que seria feliz se fosse o último homem cissexual a interpretar o papel de mulher transsexual, aludindo à sua interpretação na série Transparent.

Surpresa da noite: Tatiana Maslany
Grande vencedor: The People v. O.J. Simpson: American Crime Story

Vê aqui a lista completa dos vencedores dos 68.º Emmy Awards:

Comédia

Melhor Ator Secundário : Louie  Anderson (Baskets)

Melhor Argumento de Episódio : Aziz Ansari e Alan Yang (Master of None – “Parents”)

Melhor Atriz Secundária : Kate McKinnon (Saturday Night Live)

Melhor Ator Convidado : Peter Scolari (Girls)

Melhor Atriz Convidada : Tina Fey e Amy Poehler (Saturday Night Live)

Melhor Realizador : Jill Soloway (Transparent“Man on the Land”)

Melhor Atriz : Julia Louis-Dreyfus (Veep)

Melhor Ator : Jeffrey Tambor (Transparent)

Melhor Série : Veep

Minissérie ou Telefilme

Melhor Argumento : D.V. DeVincentis (The People v. O.J. Simpson: American Crime Story –“Marcia, Marcia, Marcia”)

Melhor Atriz Secundária : Regina King (American Crime)

Melhor Realizador : Susanne Bier (The Night Manager)

Melhor Ator Secundário : Sterling K. Brown  (The People v. O.J. Simpson: American Crime Story)

Melhor Atriz : Sarah Paulson  (The People v. O.J. Simpson: American Crime Story)

Melhor Ator : Courtney B. Vance (The People v. O.J. Simpson: American Crime Story)

Melhor Telefilme: Sherlock: The Abominable Bride

Melhor Minissérie: The People v. O.J. Simpson: American Crime Story

Variedades

Melhor Reality Competition Show: The Voice

Melhor Argumentista : Patton Oswalt (Patton Oswalt: Talking for Clapping)

Melhor Talk Show : Last Week Tonight With John Oliver

Melhor Realizador Especial de Televisão : Thomas Kail, Grease: Live

Melhor Série de Sketchs : Key & Peele

Drama

Melhor Atriz Convidada : Margo Martindale (The Americans)

Melhor Ator Convidado : Hank Azaria (Ray Donovan)

Melhor Argumento de Episódio : David Benioff e D.B. Weiss (Game of Thrones, “Battle of the Bastards”)

Melhor Atriz Secundária: Maggie Smith (Downton Abbey)

Melhor Realizador : Miguel Sapochnik  (Game of Thrones, “Battle of the Bastards”)

Melhor Ator Secundário : Ben Mendelsohn (Bloodline)

Melhor Ator : Rami Malek (Mr. Robot)

Melhor Atriz : Tatiana Maslany (Orphan Black)

Melhor Série : Game of Thrones

 

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
'RuPaul’s Drag Race All Stars'
‘RuPaul’s Drag Race All Stars’ regressa para quinta temporada