Com setembro chega o final do verão, uma época que costuma ser sinónimo de blockbuster. Em julho, o Espalha-Factos até tinha compilado uma lista com cinco filmes dessa altura a não perder. No entanto, com o Outono a chegar, já é tempo de apreciar o futuro, ao antever 5 estreias a não perder nesta época.

Não contem com filmes altamente publicitados como Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los ou Doutor Estranho. Para além de já os termos mencionado em antevisão ao ano de 2016, a maior parte dos leitores provavelmente já os está a planear ir ver. Em vez disso, decidimos manter o foco em projetos de menor escala que provavelmente não irão receber uma fração da atenção que merecem.

Café Society

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=Y2c1y1HT0yo]

Os grandes clássicos de Woody Allen podem ser Annie Hall (1977) e Manhattan (1979), no entanto, o realizador continua a lançar excelentes filmes como Meia-Noite em París (2011) e Blue Jasmine (2013) num curto espaço de tempo.

Café Society é o seu mais recente. Um drama passado nos anos 30 que se foca num jovem do Bronx que se apaixona pela secretária do seu tio, um agente de estrelas de Hollywood. Até agora, o filme tem recebido várias críticas positivas, o que sugere que este poderá ser mais um grande filme na filmografia de Woody Allen.

Data de Estreia: 20 de outubro.

A Monster Calls

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=R2Xbo-irtBA]

2016 tem sido um bom ano para histórias centradas em crianças que se tornam amigas de criaturas fantásticas. Tanto O Amigo Gigante, como A Lenda do Dragão foram filmes de qualidade, mas infelizmente passaram maioritariamente despercebidos pelo público em geral.

Que isto não aconteça com A Monster Calls, um filme baseado num livro que foi considerado um dos melhores lançados na Grã Bretanha em 2011. A sua história centra-se em Connor O’Malley (Lewis MacDougall), um jovem que está a ter problemas em lidar com a iminente morte da sua mãe (Felicity Jones), e que encontra um “monstro” (Liam Neeson) que o começa a ajudar a lidar com as suas complicações pessoais.

O realizador é J. A. Bayona (El Orfanato e O Impossível), que irá realizar o próximo filme na franquia Jurassic Park após este projeto.

Data de Estreia: 20 de outubro

Green Room

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=Fgawq0keCK4]

Da mente de Jeremy Saulnier, realizador do brilhante Ruína Azul (2014), Green Room é um thriller incrivelmente tenso e violento. Também marca uma das últimas performances de Anton Yelchin (Star Trek), que demonstra aqui a sua versatilidade enquanto ator. Ainda a destacar é Patrick Stewart, geralmente conhecido pelos seus papéis heróicos e de “voz da razão” tanto nos filmes de X-Men (em que interpreta Charles Xavier), como na franquia Star Trek (em que foi Jean-Luc Picard), e que aqui tem o papel de líder de um grupo neo-nazi.

Outros nomes que fazem parte do elenco são Alia Shawcat (Arrested Development – De Mal a Pior e Miúda Infernal), Imogen Poots (28 Semanas Depois) e Macon Blair (Ruína Azul).

Se o que procuras é um filme atmosférico que te mantenha colado ao assento, ao mesmo tempo que quebra convenções do que se espera neste tipo de histórias, este é sem dúvida um filme a não perder.

Data de Estreia: 27 de outubro.

São Jorge

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=UCfrUTUO5iE]

A indústria portuguesa de cinema pode ser relativamente pequena, mas deve-se destacar a qualidade de algumas das suas produções mais recentes. São Jorge é uma destas, e parece que o Festival de Veneza também concorda.

Passado durante a época em que a troika esteve a intervir em Portugal, a obra protagoniza Nuno Lopes no papel de um boxeur que aceita trabalhar numa empresa especializada nas cobranças mais complicadas. O ator volta aqui a trabalhar com o realizador Marco Martins.

São Jorge promete assim explorar de maneira criativa um tema familiar à população portuguesa.

Data de Estreia: 3 de novembro.

Arrival

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=ZLO4X6UI8OY]

Filmes acerca de invasões alienígenas são um acontecimento comum. Este é um tema que tanto pode gerar grandes filmes (Veio do Outro Mundo e No Limite do Amanhã), como alguns dos mais fracos (Skyline – O Alvo Somos Nós e Dia da Independência: Nova Ameaça). Arrival parece estar pronto a juntar-se ao primeiro grupo.

O elenco inclui Amy Adams (Apanha-me Se Puderes e Uma História de Encantar) no papel de uma linguista, Jeremy Renner (Estado de Guerra e Os Vingadores) como matemático e Forest Whitaker (The Shield) no papel de um coronel do exército americano. Na realização está Denis Villeneuve (Sicario), que demonstra a sua habilidade com o género de ficção científica, em preparação para o Blade Runner 2, cujo lançamento está previsto para o próximo ano.

Se estas razões não são suficientes para ver o filme, ainda há o facto de ter neste momento uma percentagem de 100% no Rotten Tomatoes (com 32 críticas até agora), com uma pontuação média de 8.5/10.

Data de Estreia: 10 de novembro.