Indie Music Fest

Indie Music Fest: guia musical para explorar o bosque – Parte VI

Durante as próximas semanas, o Espalha-Factos mostra-te tudo o que precisas de saber sobre as bandas do Indie Music Fest. Desde bandas com legiões de fãs até cantautores menos conhecidos, explicamos tudo para que não tenhas dúvidas sobre o que vais ouvir durante três dias. Duas vezes por semana mostramos-te três artistas que não vais querer perder este ano no Bosque do Choupal.

UNO

Os UNO são, na verdade, dois irmãos: Filipe e João Teixeira juntaram-se para nos trazer pura música eletrónica e dizem que o processo criativo se faz essencialmente de jam sessions e improvisações. A dupla tem atuação marcada para a madrugada de amanhã, dia 2, no showcase da Cubo Records, e promete um after bem ritmado.

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/playlists/250084146″ params=”auto_play=false&hide_related=false&show_comments=true&show_user=true&show_reposts=false&visual=true” width=”100%” height=”450″ iframe=”true” /]

Fugly

É difícil descrever ao certo o género dos Fugly mas, para já, comecemos pelo básico: Pedro Feio (guitarra e voz), Gil (bateria), Tommy (guitarra) e Rafa (baixo) vêm da invicta cidade do Porto para o Bosque do Choupal, onde se supõe que vão tocar garage rock e banana-punk (usar fruta para descrever música, porque não?). Ficámos com a sensação de que personificam tartarugas ninja, mas não temos a certeza. O EP Morning After pode ou não ser alusivo àquela manhã seguinte também conhecida como ressaca, mas o que é certo é que vai estar presente no terceiro dia do nosso Indie Music Fest, 3 de setembro.
[bandcamp width=100% height=120 album=4231153816 size=large bgcol=ffffff linkcol=333333 tracklist=false artwork=small]

Solution

Pouco se sabe sobre Solution, mas sabemos que este projeto de Tiago Carneiro é mais um dj set que promete solucionar a já nostálgica última noite no Bosque do Choupal, com selo de qualidade do Porto. O próprio descreve a sua música como uma combinação de techno, eletrónica e house; e, ao que parece, distingue-se por ser experimental e minimalista ao mesmo tempo. Agora que instalámos o mistério, só nos resta obter a confirmação no Indie Music Fest.

Depois de te guiarmos pelo indie bosque, só falta mesmo vivê-lo – até já, bosque mágico!

 

Mais Artigos
Festival Glastonbury
Reino Unido aprova dispositivo de testes rápidos à Covid-19 para festivais