São Jorge é o filme mais recente de Marco Martins, conhecido por Alice (2005). A obra tinha sido previamente apresentada como “work in progress” na secção Lisbon Screening do IndieLisboa, e agora foi oficialmente selecionada para o Festival de Veneza.

Esta marca a segunda colaboração entre Martins e o ator Nuno Lopes (após Alice). Para além disso, também junta ficção com documentário, ao se focar na recente crise económica e nos anos em que a troika esteve a intervir em Portugal. A sua história centra-se num boxeur que aceita um trabalho numa empresa especializada em cobranças difíceis.

O júri da edição deste ano tem como presidente Sam Mendes (Beleza Americana e Skyfall) e é composto pelos realizadores Joshua Lincoln Oppenheimer  (O Acto de Matar) e Lorenzo Vigas (Desde allá), pelas atrizes Gemma Arterton (007: Quantum of Solace), Nina HossChiara Charlotte Mastroianni e Zhao Wei (A Batalha de Red Cliff), pelo argumentista Giancarlo De Cataldo, e pela artista experimental Laurie Anderson.

São Jorge irá passar no dia 31 de agosto na secção Orrizonti do Festival de Veneza e estará disponível nas salas de cinema portuguesas no dia 3 de novembro.